Exportar registro bibliográfico

O trabalho do psicanalista na política de assistência social: escuta do sujeito e problematização de discursos e práticas (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: BARTOLOMEU, GABRIEL - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSC
  • Subjects: POLÍTICAS PÚBLICAS; ASSISTÊNCIA SOCIAL; ESCUTA PSICANALÍTICA; DISCURSO; PRÁTICA (FILOSOFIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo discute as possibilidades e os limites do trabalho do psicanalista na Política de Assistência Social. Tem como ponto de partida os impasses vivenciados pelo pesquisador neste cenário e a identificação de que as pesquisas acadêmicas sobre o assunto são escassas e introdutórias. O objetivo geral é investigar como se dá o trabalho do psicanalista na Política de Assistência Social com os usuários e na interlocução com a equipe. Os objetivos específicos são: discutir a construção do trabalho do psicanalista no campo da política socioassistencial; propor uma formalização teórico-prática para este trabalho a partir da experiência do pesquisador num Núcleo de Convivência de Idosos (NCI), como psicólogo, num grupo de trabalho sobre o desacolhimento institucional por maioridade, como pesquisador-participante, e num Serviço de Assistência Educativa em Meio Aberto (AEMO) de Paris, como estagiário; promover a reflexão sobre os discursos e as práticas que marcam o acompanhamento dos usuários e a prática dos profissionais; e discutir como o trabalho do psicanalista pode contribuir nestes acompanhamentos em uma perspectiva que considere a singularidade do sujeito e sua relação com a instituição e com a sociedade. Toma-se como pressuposto a noção de psicanálise implicada, compreendendo que o psicanalista mantém uma relação de implicação ao seu campo de investigação e ao seu objeto de estudo - tanto em sua atuação quanto na pesquisa acadêmica. O método de investigação estáestruturado em descrições, análises e discussões da experiência do pesquisador no cenário socioassistencial, produzindo formalizações teórico-práticas. Utilizou-se de vinhetas clínico-institucionais, nas quais se ilustra e se reflete sobre o trabalho do psicanalista em três contextos, como citados acima: NCI, grupo de trabalho e serviço AEMO. Como resultado, identificou-se que o trabalho do psicanalista pode ser realizado a partir de dois elementos principais: a escuta do sujeito e a problematização de discursos e práticas institucionais e sociopolíticos. Considerando tais elementos, o trabalho do psicanalista pode possibilitar o deslocamento do sujeito em discursos segregatórios; favorecer a diminuição do isolamento social e permitir a inserção do sujeito no serviço a partir de sua singularidade; sustentar a construção do caso clínico e a elaboração de um acompanhamento singularizado do sujeito em interlocução com a equipe; entre outras possibilidades. Por fim, conclui-se que o trabalho do psicanalista não está dado a priori, não se caracteriza pela pura aplicação dos conceitos e das técnicas da psicanálise, mas é fruto de uma construção que se efetiva no cotidiano institucional, na escuta dos usuários e também na interlocução com a equipe, sendo os impasses que suscitam a invenção de um modo de trabalho possível
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.06.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BARTOLOMEU, Gabriel; ROSA, Miriam Debieux. O trabalho do psicanalista na política de assistência social: escuta do sujeito e problematização de discursos e práticas. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-21022018-151454/ >.
    • APA

      Bartolomeu, G., & Rosa, M. D. (2017). O trabalho do psicanalista na política de assistência social: escuta do sujeito e problematização de discursos e práticas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-21022018-151454/
    • NLM

      Bartolomeu G, Rosa MD. O trabalho do psicanalista na política de assistência social: escuta do sujeito e problematização de discursos e práticas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-21022018-151454/
    • Vancouver

      Bartolomeu G, Rosa MD. O trabalho do psicanalista na política de assistência social: escuta do sujeito e problematização de discursos e práticas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-21022018-151454/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021