Exportar registro bibliográfico

Análise farmacológica comparativa da pancreatite experimental induzida por fosfolipase A2 secretória do veneno de serpente Crotalus durissus terrificus e fosfolipase A2 de mamífero em ratos: papel das fibras C e do sulfeto de hidrogênio (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: RAMOS, CRISTIANE ISABEL SILVA MANGIALARDO - ICB
  • Unidade: ICB
  • Sigla do Departamento: BMF
  • Subjects: PANCREATITE; FOSFOLIPASES A; VENENOS DE ORIGEM ANIMAL; SERPENTES; RATOS; INFLAMAÇÃO
  • Keywords: Abdominal hyperalgesia; Acute pancreatitis; Fosfolipase A2; Hiperalgesia abdominal; Hydrogen sulfide; Pancreatite aguda; Phospholipase A2; Propargilglicina; Propargylglycin; SR140333; SR140333; Sulfeto de hidrogênio
  • Language: Português
  • Abstract: A pancreatite aguda (PA), condição inflamatória do pâncreas caracterizada por dor abdominal e concentrações elevadas de enzimas pancreáticas e outras (ex.: amilase, fosfolipase A2, FLA2), representa a principal causa de hospitalização das doenças gastrointestinais. Entretanto, a patogênese da PA continua pouco compreendida e os tratamentos escassos. Nesse sentido, os objetivos deste estudo foram: i) avaliar comparativamente os efeitos inflamatórios e algogênicos das FLA2s secretória do veneno da serpente Crotalus durissus terrificus (Cdt) e de mamífero (bovino) e, ii) determinar mecanismos envolvidos (neurogênicos e dependentes do sulfeto de hidrogênio (H2S), um recentemente descrito mediador endógeno). A PA foi induzida pela injeção da FLA2 (300 mg/kg) crotálica ou bovina no ducto biliopancreático de ratos anestesiados e pré-tratados com salina, antagonistas dos receptores NK1/NK2 (SR140333/SR48968, e.v., - 15 min) Na2S (doador de H2S, i.p., - 30 min) ou propargilglicina (PGly, inibidor da enzima CSE envolvida na síntese endógena de H2S, i.p., - 30 min). Após 4 horas, a FLA2 crotálica ou bovina promoveu edema pancreático, infiltração de neutrófilos, amilasemia sérica e hiperalgesia abdominal. A FLA2 crotálica também aumentou a geração de H2S pancreática, as concentrações séricas de GT-γ e AST e promoveu leucopenia. O SR140333, mas não o SR48968, inibiu a hiperalgesia induzida por ambas as FLA2s, mas não afetou a PA ou índices enzimáticos.Tratamento com a PGly reduziu a PA induzida por ambas as FLA2, mas inibiu somente a hiperalgesia evocada pela FLA2 bovina. O doador espontâneo de H2S (Na2S) reduziu a PA e hiperalgesia induzidas pela PLA2 crotálica, mas não a amilasemia. Conclui-se que ambas as FLA2s representam ferramentas farmacológicas importantes na indução da PA, pois conseguem mimetizar sinais clássicos da PA em humanos. Em termos mecanisticos, conclui-se que enquanto a ativação do receptor NK1 consiste num mecanismo comum de regulação da resposta sensitiva abdominal (hiperalgésica) frente as duas FLA2s, o papel (protetor ou deletério) do H2S neste modelo ainda não está estabelecido
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.05.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RAMOS, Cristiane Isabel Silva Mangialardo; COSTA, Soraia Kátia Pereira. Análise farmacológica comparativa da pancreatite experimental induzida por fosfolipase A2 secretória do veneno de serpente Crotalus durissus terrificus e fosfolipase A2 de mamífero em ratos: papel das fibras C e do sulfeto de hidrogênio. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42136/tde-19022018-144612/ >.
    • APA

      Ramos, C. I. S. M., & Costa, S. K. P. (2017). Análise farmacológica comparativa da pancreatite experimental induzida por fosfolipase A2 secretória do veneno de serpente Crotalus durissus terrificus e fosfolipase A2 de mamífero em ratos: papel das fibras C e do sulfeto de hidrogênio. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42136/tde-19022018-144612/
    • NLM

      Ramos CISM, Costa SKP. Análise farmacológica comparativa da pancreatite experimental induzida por fosfolipase A2 secretória do veneno de serpente Crotalus durissus terrificus e fosfolipase A2 de mamífero em ratos: papel das fibras C e do sulfeto de hidrogênio [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42136/tde-19022018-144612/
    • Vancouver

      Ramos CISM, Costa SKP. Análise farmacológica comparativa da pancreatite experimental induzida por fosfolipase A2 secretória do veneno de serpente Crotalus durissus terrificus e fosfolipase A2 de mamífero em ratos: papel das fibras C e do sulfeto de hidrogênio [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42136/tde-19022018-144612/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021