Exportar registro bibliográfico

Papel do GPER na melhora da neuroinflamação no modelo de encefalomielite autoimune experimental em camundongos fêmeas C57B1/6: participação dos astrócitos (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: RODRIGUES, JENNIFER ROCHA - ICB
  • Unidade: ICB
  • Sigla do Departamento: BMF
  • Subjects: ASTRÓCITOS; ENCEFALOMIELITE ANIMAL; CAMUNDONGOS; ESTRÓGENOS; MODELOS ANIMAIS; RECEPTORES DE GLICOCORTICOIDES
  • Keywords: Astrócitos; Astrocytes; Encefalomielite autoimune experimental; Experimental autoimmune encephalomyelitis; G-coupled protein estrogen receptor (GPER); Neuroinflamação; Neuroinflammation; Receptor de estrógeno acoplado a proteína G (GPER)
  • Language: Português
  • Abstract: Encefalomielite Autoimune Experimental (EAE) é um modelo animal para o estudo da Esclerose Múltipla, doença autoimune na qual células do sistema imune atacam a bainha de mielina e os oligodendrócitos, levando a desmielinização, perda axonal e morte neuronal. Astrócitos são importantes na doença e na modulação da neuroinflamação. O estrógeno apresenta ação protetora, porém a ação via receptor acoplado a proteína G (GPER) é pouco conhecido. Como GPER está presente nos astrócitos, o objetivo deste projeto foi verificar se o tratamento com G1 (agonista seletivo de GPER) seria capaz de modular o processo inflamatório presente no SNC. O tratamento com o G1 (3mg/Kg, via subcutânea, durante três dias, iniciando no 5º dia após a indução da EAE) atenuou o escore clínico no pico da doença e alterou a morfologia dos astrócitos da medula espinhal, tanto na substância branca como na cinzenta, sugerindo um efeito anti-inflamatório do G1. Estudos subsequentes in vitro foram feitos para tentar elucidar possíveis vias de ativação relacionadas ao GPER
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.05.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRIGUES, Jennifer Rocha; MUNHOZ, Carolina Demarchi. Papel do GPER na melhora da neuroinflamação no modelo de encefalomielite autoimune experimental em camundongos fêmeas C57B1/6: participação dos astrócitos. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42136/tde-19022018-135515/ >.
    • APA

      Rodrigues, J. R., & Munhoz, C. D. (2017). Papel do GPER na melhora da neuroinflamação no modelo de encefalomielite autoimune experimental em camundongos fêmeas C57B1/6: participação dos astrócitos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42136/tde-19022018-135515/
    • NLM

      Rodrigues JR, Munhoz CD. Papel do GPER na melhora da neuroinflamação no modelo de encefalomielite autoimune experimental em camundongos fêmeas C57B1/6: participação dos astrócitos [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42136/tde-19022018-135515/
    • Vancouver

      Rodrigues JR, Munhoz CD. Papel do GPER na melhora da neuroinflamação no modelo de encefalomielite autoimune experimental em camundongos fêmeas C57B1/6: participação dos astrócitos [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42136/tde-19022018-135515/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021