Exportar registro bibliográfico

Estudo de proteínas que afetam a tradução mitocondrial em Saccharomyces cerevisiae (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated author: MONTEIRO, RAQUEL FONSECA GUEDES - ICB
  • School: ICB
  • Sigla do Departamento: BMM
  • Subjects: SACCHAROMYCES; LEVEDURAS; RIBOSSOMOS; SEQUENCIAMENTO GENÉTICO; MITOCÔNDRIAS VEGETAIS
  • Keywords: Saccharomyces cerevisiae; Saccharomyces cerevisiae; Mitochondrial translation; ORF; ORF; Tradução mitocondrial
  • Language: Português
  • Abstract: Uma das razões que fazem de Saccharomyces cerevisiae um organismo modelo é o grau de conservação dos mecanismos celulares que existe entre esta levedura e eucariotos superiores. Porém, mesmo após 21 anos do seqüenciamento do seu genoma, ainda existem mais de 600 ORFs com função desconhecida. Neste trabalho, selecionamos quatro delas para o estudo detalhado. MRPL34 (YDR115w) está presente na subunidade maior do ribossomo mitocondrial de levedura e apresenta similaridade com o gene L34 de E. coli e MRP-L34 de humanos. O mutante Δmrpl34 apresenta DNA mitocondrial (mtDNA) instável e para estudá-lo foram gerados alelos sensíveis à temperatura (ts). Com os ensaios de síntese protéica mitocondrial in vivo foi possível identificar clara diminuição da síntese de proteínas do mutante condicional. Mrpl34p foi identificada no extrato ribossomal, conforme esperado. A desestruturação da subunidade maior do ribossomo mitocondrial, utilizando os mutantes ts, nos forneceu indícios sobre intermediários existentes no seu processo de montagem. Verificamos que a porção N-terminal da proteína é responsável pelo endereçamento à mitocôndria. YPR116w também apresenta alta instabilidade do DNA mitocondrial, desta forma, mutantes termossensíveis foram utilizados nos experimentos. Uma das estratégias utilizadas visou a busca de parceiros genéticos. Verificamos que ylr091wp aumenta a estabilidade do mtDNA de ts- ypr116w, sugerindo atividade supressora. Também averiguamos que o alelo ts-ypr16wapresenta menor quantidade de tRNA mitocondrial, através de ensaios de Northen blot. Duas das ORFs escolhidas (YDL119c e YOR022c) tiveram sua caracterização inicial publicada em 2016, refletindo a importância deste tipo de pesquisa. Vimos que a proteína codificada por YDL119c está localizada na membrana interna da mitocôndria e que o mutante Δyor022c apresenta quantidades reduzidas de cardiolipina, quando crescido à 37ºC
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.09.2017
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MONTEIRO, Raquel Fonseca Guedes; BARROS, Mário Henrique de. Estudo de proteínas que afetam a tradução mitocondrial em Saccharomyces cerevisiae. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-31012018-093718/ >.
    • APA

      Monteiro, R. F. G., & Barros, M. H. de. (2017). Estudo de proteínas que afetam a tradução mitocondrial em Saccharomyces cerevisiae. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-31012018-093718/
    • NLM

      Monteiro RFG, Barros MH de. Estudo de proteínas que afetam a tradução mitocondrial em Saccharomyces cerevisiae [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-31012018-093718/
    • Vancouver

      Monteiro RFG, Barros MH de. Estudo de proteínas que afetam a tradução mitocondrial em Saccharomyces cerevisiae [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-31012018-093718/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020