Exportar registro bibliográfico

Avaliação da ativação de linfócitos T em indivíduos com infecão anorretal assintomática por Chlamydia trachomatis e/ou Neisseria gonorrhoeae em uma população de homens que fazem (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: VIEIRA, VINICIUS ADRIANO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCM
  • Subjects: CHLAMYDIA; NEISSERIA GONORRHOEAE; HIV; LINFÓCITOS T; IMUNOLOGIA CELULAR; ATIVAÇÃO DE MACRÓFAGOS; HOMOSSEXUALIDADE
  • Keywords: Cellular activation; Chamydia trachomatis; Chlamydia trachomatis; Immunity cellular; Neisseria gonorrhoeae; Pre-exposure prophylaxis; T-lymphocyte
  • Language: Português
  • Abstract: A profilaxia pré-exposição (PrEP) ao HIV se consolidou como uma importante estratégia de combate ao avanço da epidemia. Ainda assim, a incidência de casos da infecção vem aumentando na população jovem, assim como a de outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), que atuam como importante fator de risco para transmissão do HIV-1. Entre as infecções mais frequentemente diagnosticadas estão Chlamydia trachomatis (CT) e Neisseria gonorrhoeae (NG). A presença de lesões na mucosa genital e anal são fatores de risco estabelecidos para a transmissão do HIV-1, porém o impacto das infecções assintomáticas ainda é pouco conhecido. Dados recentes mostram que a ativação sistêmica de linfócitos T é um fator de risco para a aquisição da infecção pelo HIV-1. Nesse estudo, estudamos a ativação de linfócitos T na presença de infecção anorretal assintomática por CT e/ou NG. Células mononucleares do sangue periférico de voluntários do PrEP Brasil, um estudo clínico demonstrativo de PrEP ao HIV em homens que fazem sexo com homens, foram descongeladas para análise da ativação de linfócitos T. Trinta e quatro participantes com swab anorretal positivo para CT e/ou NG foram selecionados, enquanto assintomáticos e negativos para outras ISTs. Trinta e cinco controles foram selecionados randomicamente. Encontramos uma maior frequência de linfócitos T CD8+ HLA-DR+CD38+ (1,5 vs. 0,9% p < 0,005) no grupo com infecção assintomática. Os linfócitos T CD8+ de memória também apresentaram uma maior expressão dos marcadoresde ativação. Os marcadores de exaustão e senescência foram significantemente mais expressos no grupo com a infecção. Não foi observado aumento ou diferença nos níveis de CD14 solúvel no plasma. Nossos achados demonstram que as infecções anorretais assintomáticas por CT e NG induzem a ativação sistêmica de linfócitos T CD8+. Considerando a alta prevalência dessas infecções e o risco associado de aquisição da infecção pelo HIV-1, o rastreamento periódico e o tratamento sistemático devem sem explorados em conjunto com as estratégias de prevenção ao HIV
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.11.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VIEIRA, Vinicius Adriano; KALLAS, Esper Georges. Avaliação da ativação de linfócitos T em indivíduos com infecão anorretal assintomática por Chlamydia trachomatis e/ou Neisseria gonorrhoeae em uma população de homens que fazem. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5146/tde-31012018-083320/ >.
    • APA

      Vieira, V. A., & Kallas, E. G. (2017). Avaliação da ativação de linfócitos T em indivíduos com infecão anorretal assintomática por Chlamydia trachomatis e/ou Neisseria gonorrhoeae em uma população de homens que fazem. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5146/tde-31012018-083320/
    • NLM

      Vieira VA, Kallas EG. Avaliação da ativação de linfócitos T em indivíduos com infecão anorretal assintomática por Chlamydia trachomatis e/ou Neisseria gonorrhoeae em uma população de homens que fazem [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5146/tde-31012018-083320/
    • Vancouver

      Vieira VA, Kallas EG. Avaliação da ativação de linfócitos T em indivíduos com infecão anorretal assintomática por Chlamydia trachomatis e/ou Neisseria gonorrhoeae em uma população de homens que fazem [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5146/tde-31012018-083320/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021