Exportar registro bibliográfico

Fatores comportamentais facilitadores da gestão de projetos (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MEI, PAULO CESAR - FEA
  • Unidades: FEA
  • Sigla do Departamento: EAD
  • Subjects: ADMINISTRAÇÃO DE PROJETOS; ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS; ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS; COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL; CULTURA ORGANIZACIONAL; LIDERANÇA
  • Keywords: Conflict Management; Human Resource Management; Leadership; Organizational Behavior; Organizational Culture; Project Management
  • Language: Português
  • Abstract: Essa dissertação de mestrado busca analisar os aspectos comportamentais que possam contribuir ou facilitar a gestão de projetos e como a ausência desses fatores podem comprometer o sucesso e a realização das estratégias. O objetivo principal deste trabalho é identificar os principais fatores comportamentais facilitadores para a gestão de projetos e propor sugestões para o aprimoramento dos fatores comportamentais mais relevantes. O trabalho contou inicialmente com uma revisão bibliográfica e consulta a especialistas, levando a uma relação não estruturada de fatore comportamentais listados nos principais trabalhos teóricos, mas também vivenciados na prática pelos profissionais entrevistados. A lista final foi submetida a uma avaliação por três grupos: Profissionais diretamente ligados à gestão de projetos, profissionais indiretamente ou esporadicamente ligados à gestão de projetos e instrutores e professores em gestão de projetos. O objetivo foi resgatar os principais elementos comportamentais contributivos para a boa gestão na ótica destes três tipos de profissionais. Para os profissionais diretamente ligados à gestão de projetos, os 2 fatores mais importantes detectados foram a comunicação com 45,6% da preferência e o trabalho em Equipe com 34% da preferência. Os profissionais indiretamente ou esporadicamente ligados à gestão de projetos elegeram também a comunicação e o trabalho em equipe, mas para ampliar a contribuição este trabalho avaliou para esse grupo o 3º e 4ºfatores mais citados que foram o gerenciamento de Conflitos com 25,7% da preferência e a liderança com 22,9% da preferência. Já para os profissionais do ensino da gestão de projetos os 2 fatores mais importantes também já haviam sido mencionados e avaliados nos dois grupos anteriores e por isso este trabalho mais uma vez avaliou o 3º e 4º fatores mais citados que foram a moralidade e Ética e a visão holística, que empataram com 27,3% da preferência. Por fim, com base nesses principais fatores, foram mapeadas possíveis soluções para corrigir a carência desses fatores visando o sucesso dos projetos. Os resultados das pesquisas foram compilados em forma de sugestões de aprimoramento visando preparar os envolvidos na gestão de projetos quanto aos fatores comportamentais mais importantes detectados ao longo do trabalho
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.11.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MEI, Paulo Cesar; MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Fatores comportamentais facilitadores da gestão de projetos. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12142/tde-18012018-163013/ >.
    • APA

      Mei, P. C., & Maximiano, A. C. A. (2017). Fatores comportamentais facilitadores da gestão de projetos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12142/tde-18012018-163013/
    • NLM

      Mei PC, Maximiano ACA. Fatores comportamentais facilitadores da gestão de projetos [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12142/tde-18012018-163013/
    • Vancouver

      Mei PC, Maximiano ACA. Fatores comportamentais facilitadores da gestão de projetos [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12142/tde-18012018-163013/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020