Exportar registro bibliográfico

Fatores determinantes da perda de qualidade do açúcar e seus impactos na logística de exportação (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: BENATTO, ALINE GISELE ZANãO - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LES
  • Subjects: AÇÚCAR; EXPORTAÇÃO; LOGÍSTICA; MODELOS MATEMÁTICOS
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho teve como objetivos identificar os principais problemas de qualidade do açúcar granel e desenvolver um modelo econométrico para mensurar a probabilidade da recusa do produto, estimar os custos logísticos envolvidos na perda de qualidade, assim como os possíveis investimentos que poderiam contribuir para a redução nos custos. Para atender a este objetivo foram realizadas entrevistas e coleta de dados com agentes do setor sucroenergético e utilizado um modelo econométrico logit para investigar os fatores que influenciam na perda de qualidade do açúcar VHP e consequentemente a recusa de caminhões em terminais de transbordo e terminais portuários. Os resultados revelaram um aumento no número de veículos rejeitados por problemas de qualidade nas duas safras analisadas, sendo a cor do produto o item de maior participação, além da cor fora de especificação (os demais parâmetros analisados foram umidade, granulometria, teor de cinzas, resíduos insolúveis e polarização). A regressão logit indicou o tempo de armazenamento como um dos principais fatores que influenciam na perda de qualidade do açúcar, além da temperatura, época do ano e macrorregião produtora. Já as variáveis relacionadas ao tipo de centrifuga utilizada na indústria e à umidade relativa do ar não apresentaram coeficientes significativos. As recusas de carga nos terminais acarretam prejuízos para o setor, principalmente no que diz respeito aos valores gastos com o frete, uma vez que o caminhão temque retornar para usina de origem, o produto ser recuperado e voltar novamente ao terminal de destino. Para diminuir esses prejuízos seriam necessários investimentos em armazéns graneleiros que permitissem o melhor escoamento do produto, impedindo que o açúcar permanecesse muito tempo estocado; porém, o valor necessário para a construção desse tipo de armazém normalmente é considerado inviável pelos tomadores de decisão do setor. Desta forma, para minimizar os prejuízos decorrentes da recusa do produto em virtude da perda de qualidade, é necessário um maior acompanhamento e monitoramento do açúcar armazenado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.08.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BENATTO, Aline Gisele Zanão; CAIXETA FILHO, Jose Vicente. Fatores determinantes da perda de qualidade do açúcar e seus impactos na logística de exportação. 2017.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-08012018-101657/ >.
    • APA

      Benatto, A. G. Z., & Caixeta Filho, J. V. (2017). Fatores determinantes da perda de qualidade do açúcar e seus impactos na logística de exportação. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-08012018-101657/
    • NLM

      Benatto AGZ, Caixeta Filho JV. Fatores determinantes da perda de qualidade do açúcar e seus impactos na logística de exportação [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-08012018-101657/
    • Vancouver

      Benatto AGZ, Caixeta Filho JV. Fatores determinantes da perda de qualidade do açúcar e seus impactos na logística de exportação [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-08012018-101657/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021