Exportar registro bibliográfico

Dinâmica populacional das abelhas das orquídeas (Apidae, Euglossinio) em distinatas fitofisionomias do Estado de São Paulo (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: COSTA, CLAUDINÉIA PEREIRA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGE
  • Subjects: ABELHAS; GENÉTICA; DIVERSIDADE GENÉTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Na região Neotropical, as abelhas das orquídeas, como são conhecidos os membros da tribo Euglossini, destacam-se como importantes polinizadores. Elas têm despertado o interesse no campo acadêmico, através de estudos para catalogar e reconhecer a diversidade do grupo ao longo da Mata Atlântica, um bioma tão ameaçado, além de alguns trabalhos que buscam entender a dinâmica populacional desse grupo, focando a diversidade genética das populações de algumas espécies. Assim, os objetivos desse trabalho foram: (i) estimar a diversidade de abelhas e a riqueza específica de abelhas Euglossini em diferentes tipos de vegetação; (ii) verificar a influência de fitofisionomias na diversidade genética de Euglossa cordata; e (iii) avaliar a diversidade genética de Eulaema nigrita. Durante os meses de abril de 2014 e março 2015, foram realizadas coletas mensais em três paisagens distintas no Estado de São Paulo: floresta ombrófila mista com campos de atitude na região de Campos do Jordão, floresta estacional semidecidual na cidade de Pindamonhangaba e floresta ombrófila densa na Serra do Mar, em Ubatuba. Foram observadas diferenças na abundância e na riqueza específica encontradas entre pontos próximos do mesmo bioma, em especial, a floresta estacional semidecidual e a floresta ombrófila densa. Nota-se que as diferenças nas assembléias das abelhas dessa tribo estão relacionadas com fatores associados às diferenças nas fitofisionomias. Para as análises populacionais foram escolhidas as espécies mais abundantes durante o período de coleta. Tanto as análises morfométricas como as análises moleculares foram suficientemente sensíveis para inferir uma estruturação populacional de Euglossa cordata. Nossos resultados indicaram uma diferenciação genética entre duas populações (mitFst = 0,446; Dest = 0,222; snpFst= 0,681), indicando migração nula ou muito limitada. Em contrapartidatanto as análises morfométricas como as análises moleculares evidenciaram a homogeneidade das populações de Eulaema nigrita e que o fluxo gênico entre as diferentes paisagens ocorre. O teste de validação cruzada indicou que a probabilidade de um indivíduo estar corretarnente atribuído à sua população original foi próxima de 50% e, portanto, semelhante aos valores de uma atribuição puramente aleatória, confirmando a elevada homogeneidade das populações comparadas. Concluindo-se que mobilidade das abelhas das orquídeas difere significativamente entre as espécies
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.06.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COSTA, Claudinéia Pereira; FRANCOY, Tiago Maurício. Dinâmica populacional das abelhas das orquídeas (Apidae, Euglossinio) em distinatas fitofisionomias do Estado de São Paulo. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017.
    • APA

      Costa, C. P., & Francoy, T. M. (2017). Dinâmica populacional das abelhas das orquídeas (Apidae, Euglossinio) em distinatas fitofisionomias do Estado de São Paulo. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Costa CP, Francoy TM. Dinâmica populacional das abelhas das orquídeas (Apidae, Euglossinio) em distinatas fitofisionomias do Estado de São Paulo. 2017 ;
    • Vancouver

      Costa CP, Francoy TM. Dinâmica populacional das abelhas das orquídeas (Apidae, Euglossinio) em distinatas fitofisionomias do Estado de São Paulo. 2017 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021