Exportar registro bibliográfico

Ilusão da máscara côncava em pacientes em síndrome de abstinência do álcool leve e moderada (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BACHETTI, LÍVIA DA SILVA - FFCLRP
  • Unidades: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: PERCEPÇÃO VISUAL; ALCOOLISMO; BEBIDAS ALCOÓLICAS; SISTEMA NERVOSO CENTRAL; DETECÇÃO DE SINAL (PERCEPÇÃO)
  • Keywords: Ilusão da máscara côncava; Síndrome de abstinência do álcool; Teoria de Detecção de Sinal.; Alcohol withdrawal syndrome; Hollow face illusion; Signal Detection Theory; Visual perception; Ilusão da máscara côncava
  • Language: Português
  • Abstract: O uso lesivo de bebidas alcoólicas é o terceiro maior fator mundial de risco de doenças e incapacitação. O álcool pode causar várias alterações no Sistema Nervoso Central (SNC), dentre elas, a diminuição do processamento de informações visuais. Alguns estudos avaliam as alterações nos processos perceptuais durante a Síndrome de Abstinência do Álcool (SAA) por meio da ilusão visual da máscara côncava. Essa ilusão exemplifica o fenómeno ilusório de inversão visual da profundidade de uma máscara humana oca, que é percebida como convexa. Foi encontrado um possível desequilíbrio entre os componentes bottom-up e top-down da percepção visual provocado pelo álcool, capaz de prejudicar a capacidade do indivíduo de perceber essa ilusão. Entretanto, a presente pesquisa investiga uma hipótese alternativa, e sugere que a redução na frequência de respostas de inversão pode resultar de mudanças de critérios para emitir as repostas e não em alterações perceptuais. Para isso, foram utilizados os parâmetros da Teoria da Detecção de Sinal (TDS) aplicada à psicofísica. Participaram da pesquisa 20 indivíduos saudáveis, 20 com SAA leve e 20 com SAA moderada. Eles realizaram duas tarefas experimentais de observação monucular dos lados côncavo e convexo, alternadamente, de uma máscara da face humana de tamanho reduzido. Na tarefa de confdence rating, foram julgadas a concavidade ou convexidade da máscara e o grau de certeza nas respostas, com certeza ou com dúvida. Na tarefa de escolha forçada entre duas alternativas (2AFC), as máscaras foram apresentadas aos pares alternados e o participante identificava o lado côncavo. A análise dos resultados revelou que os indivíduos com SAA moderada apresentaram maiores escores para os índices de sensibilidade R-index, Az, e da, na tarefa de conJi dence rating, apontando para uma capacidade significativamente maior de identificação e discriminação dos lados côncavo e convexoda máscara. Isto reflete um prejuízo significativo na capacidade destes indivíduos em perceber a ilusão da máscara côncava. Não houve diferença entre os grupos de indivíduos saudáveis e com SAA leve. Entretanto, os grupos com SAA apresentaram um maior grau de certeza em seus julgamentos comparativamente ao grupo controle. Resultados semelhantes para o grupo com SAA moderada foram encontrados na tarefa de escolha forçada para os índices d' e taxa de acerto, indicando maior capacidade desses indivíduos em discriminar os dois lados da máscara. Todos os participantes apresentaram critérios de decisão moderados na tarefa de conf dence rating. Os indivíduos saudáveis, na tarefa de escolha forçada, se mostraram tão capazes quanto os com SAA moderada na discriminação dos dois lados da máscara. Os indivíduos saudáveis, na tarefa de escolha forçada, se mostraram tão capazes quanto os com SAA moderada na discriminação dos dois lados da máscara. Entretanto, supõe-se que esses resultados foram provenientes de estratégias inesperadas por esses indivíduos em seus julgamentos, prejudicando a validade interna dos resultados, e representam um viés de pesquisa importante. As análises apontam para um possível desequilíbrio, já relatado em estudos anteriores, entre os componentes bottom-~p e top-down da percepção visual, provocado pelo álcool, que impede o SNC de corrigir hipóteses perceptuais ambíguas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.08.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BACHETTI, Lívia da Silva; FUKUSIMA, Sérgio Sheiji. Ilusão da máscara côncava em pacientes em síndrome de abstinência do álcool leve e moderada. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-30042018-165408/ >.
    • APA

      Bachetti, L. da S., & Fukusima, S. S. (2017). Ilusão da máscara côncava em pacientes em síndrome de abstinência do álcool leve e moderada. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-30042018-165408/
    • NLM

      Bachetti L da S, Fukusima SS. Ilusão da máscara côncava em pacientes em síndrome de abstinência do álcool leve e moderada [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-30042018-165408/
    • Vancouver

      Bachetti L da S, Fukusima SS. Ilusão da máscara côncava em pacientes em síndrome de abstinência do álcool leve e moderada [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-30042018-165408/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020