Exportar registro bibliográfico

Síntese e caracterização de grafeno por CVD catalítico em filmes finos de Ni e Cu (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: GARNICA, DEISSY JOHANNA FERIA - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PSI
  • Subjects: ESPECTROSCOPIA RAMAN; MATERIAIS NANOESTRUTURADOS; CARBONO; FILMES FINOS
  • Language: Português
  • Abstract: O Grafeno tem sido estudado há 60 anos, mas só foi desde sua primeira obtenção mediante esfoliação de grafite em 2004 por Novoselov, que obteve grande interesse por parte de pesquisadores, pois tem uma série de notáveis propriedades físicas e químicas que dificilmente são encontradas num mesmo material, o que o torna uma ferramenta de primeira ordem em muitas aplicações de diversos campos. Além disso, sua produção se limita a pequenas folhas, com defeitos e empilhadas formando multicamadas, o qual não permite seu uso em nível industrial. Isso demanda não só que o grafeno seja produzido em grande escala, mas também conservando suas propriedades. O presente trabalho reporta o estudo e estabelecimento de condições para o crescimento de folhas de grafeno, utilizando técnicas de deposição química na fase de vapor a pressão ambiente (APCVD) catalítica, e deposição química na fase vapor assistida por plasma (PECVD), também catalítica, com filmes finos de Níquel e Cobre como metais catalisadores, visto que são as técnicas e metais que tem reportado melhores resultados. Desta forma, esta pesquisa foi encaminhada a um ajuste das variáveis que intervém nas duas técnicas, tais como os gases, seus fluxos e relação entre eles, a temperatura, o tempo de deposição e as espessuras do catalisador. No caso do PECVD, a potência de RF para a geração do plasma e a pressão. Os filmes foram caracterizados por microscopia Raman, que permite ter uma avaliação aproximada do número de camadas e os defeitos presentes no material, e por microscopia eletrônica de varredura (MEV), que permite observar a morfologia das amostras e a possível presença de grafeno, e assim ter certeza da qualidade do grafeno enquanto a continuidade e tamanho das folhas. Além disso, mediante Espectroscopia de raios X por dispersão de energia (EDS), instrumento associado ao MEV, é possível identificar os elementos presentes na amostraem pontos específicos e sua porcentagem. Estes análises revelaram que o grafeno obtido foi de grande área (1 cm2) com alta cristalinidade e poucos defeitos pontuais.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.11.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERIA GARNICA, Deissy Johanna; PEREYRA, Inés; PÁEZ CARREÑO, Marcelo Nelson. Síntese e caracterização de grafeno por CVD catalítico em filmes finos de Ni e Cu. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3140/tde-08012018-105347/pt-br.php >.
    • APA

      Feria Garnica, D. J., Pereyra, I., & Páez Carreño, M. N. (2017). Síntese e caracterização de grafeno por CVD catalítico em filmes finos de Ni e Cu. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3140/tde-08012018-105347/pt-br.php
    • NLM

      Feria Garnica DJ, Pereyra I, Páez Carreño MN. Síntese e caracterização de grafeno por CVD catalítico em filmes finos de Ni e Cu [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3140/tde-08012018-105347/pt-br.php
    • Vancouver

      Feria Garnica DJ, Pereyra I, Páez Carreño MN. Síntese e caracterização de grafeno por CVD catalítico em filmes finos de Ni e Cu [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3140/tde-08012018-105347/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021