Exportar registro bibliográfico

Associação entre a colorimetria da superfície do fígado e a intensidade da esteatose. Estudo experimental em ratos submetidos a dieta esteatogênica (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: SABAT, BERNARDO DAVID - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCA
  • Subjects: CLÍNICA CIRÚRGICA; COLORIMETRIA; HEPATOPATIAS; TRANSPLANTE DE FÍGADO
  • Keywords: Colorimetria; Colorimetry; Enxerto hepático; Esteatose hepática; Fatty liver; Liver graft; Liver transplantation; Transplante hepático
  • Language: Português
  • Abstract: Os enxertos hepáticos com esteatose apresentam risco aumentado para a disfunção e o não funcionamento primário. Entretanto, considerando o permanente desequilíbrio entre a oferta e a demanda de enxertos, justifica-se o uso de fígados esteatóticos com um risco aceitável. O padrão ouro para o diagnóstico do grau da esteatose hepática, na prática clínica, é o exame histológico. Entretanto, no cenário dos transplantes, a estimativa do grau de esteatose do enxerto hepático depende do exame macroscópico. Nesse procedimento a leitura da cor é realizada de forma subjetiva e a força da associação cor-esteatose não é conhecida. Considerando esses aspectos, a presente pesquisa teve como objetivo verificar a associação entre a cor do fígado e a intensidade da esteatose hepática, aferindo a cor do fígado, de forma precisa com um colorímetro e quantificando a esteatose com dois exames considerados de referência. Método: Ratos wistar, machos, foram divididos em quatro grupos de quinze animais. Os animais do grupo controle receberam dieta padrão. Os outros três grupos receberam dieta esteatogênica durante, respectivamente, dois, quatro e seis dias. Os ratos foram submetidos à laparotomia, biópsia hepática (pré e pós-perfusão do fígado) para realizar o exame histológico, colorimetria no padrão RGB (pré e pós-perfusão do fígado), conversão da cor, do padrão RGB, para o padrão CINZA, coleta de sangue para realizar exames laboratoriais e hepatectomia (para determinar o peso relativo do fígado e a extração da gordura). A análise estatística foi realizada com o pacote de software estatístico IBM SPSS Statistics 18, e o valor p < 0.05 foi considerado com significado estatístico. Resultados: Foi observada correlação positiva entre os percentuais de gordura e a intensidade das cores pré perfusão (coeficiente de correlação da cor vermelha 0,874, cor verde 0,747 e cor azul0,763) e pós-perfusão (coeficiente de correlação da cor vermelha 0,900, cor verde 0,886 e cor azul 0,856). As medias dos valores da colorimetria, pré e pós perfusão, apresentaram diferença estatisticamente significativa (p < 0,001). A acurácia da colorimetria pós perfusão, determinada pela curva ROC, foi de100% na determinação da presença de esteatose, 96,2% para o grau moderado ou intenso e 80,4% para o grau intenso da esteatose. Foi verificada diferença significativa dos valores da colorimetria (p < 0,001) entre as medias dos diversos grupos com exceção entre os grupos concentração de gordura moderada X gordura intensa e entre os grupos graus histológicos da esteatose leve X moderada X intensa. Conclusões: a) A cor do fígado, pré e pós perfusão, apresentou correlação forte com a esteatose, de forma positiva e linear; b) A colorimetria, pré e pós perfusão, apresenta a mesma acurácia na identificação da esteatose c) A colorimetria apresentou acurácia perfeita na identificação da presença da esteatose e tendência para classificar, em um mesmo grupo, a esteatose moderada e intensa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.07.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SABAT, Bernardo David; CASTRO E SILVA JR., Orlando de. Associação entre a colorimetria da superfície do fígado e a intensidade da esteatose. Estudo experimental em ratos submetidos a dieta esteatogênica. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17137/tde-02042018-105723/ >.
    • APA

      Sabat, B. D., & Castro e Silva Jr., O. de. (2017). Associação entre a colorimetria da superfície do fígado e a intensidade da esteatose. Estudo experimental em ratos submetidos a dieta esteatogênica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17137/tde-02042018-105723/
    • NLM

      Sabat BD, Castro e Silva Jr. O de. Associação entre a colorimetria da superfície do fígado e a intensidade da esteatose. Estudo experimental em ratos submetidos a dieta esteatogênica [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17137/tde-02042018-105723/
    • Vancouver

      Sabat BD, Castro e Silva Jr. O de. Associação entre a colorimetria da superfície do fígado e a intensidade da esteatose. Estudo experimental em ratos submetidos a dieta esteatogênica [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17137/tde-02042018-105723/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021