Exportar registro bibliográfico

Arranjos organizativos da atenção primária nas regiões de saúde de um Departamento Regional de Saúde (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: FREITAS, MARAIZA ALVES - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RMS
  • Subjects: ASSISTÊNCIA À SAÚDE; SERVIÇOS DE SAÚDE; SAÚDE
  • Keywords: Arranjos organizativos; Atenção Primária à Saúde; Avaliação de serviços de saúde; Evaluation of health services; Organizational arrangements; Primary Health Care
  • Language: Português
  • Abstract: O fortalecimento da Atenção Primária à Saúde (APS) é uma estratégia fundamental para a mudança do modelo assistencial, bem como para a estruturação de redes de atenção que garantam a integralidade e o acesso às ações e serviços de saúde. Considerando a extensão territorial do Brasil e as distintas configurações dos serviços de atenção primária quanto a estrutura, serviços disponíveis e processo de trabalho, este estudo pretende identificar sob a perspectiva do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) as diferentes organizações dos serviços de APS. Objetivo: Analisar os arranjos organizativos da atenção primária à saúde. Materiais e Método: Trata-se de estudo ecológico exploratório, as unidades de análise foram vinte e dois municípios do Departamento Regional de Saúde XIII, inscritos no segundo ciclo do PMAQ-AB. Os municípios foram analisados por região de saúde: Horizonte Verde, Aquífero Guarani e Vale das Cachoeiras e arranjos organizativos. Foram analisados os resultados da avaliação externa de 110 unidades de APS, sendo que 36 destas contavam com consultório de Saúde Bucal, 93 equipes de APS, 40 equipes de Saúde Bucal e 375 usuários. Resultados: Foram identificados oito tipos de arranjos organizativos: UBS-ESF, UBS-ESB, UBS-ESF-ESB, Posto-ESF, Posto-ESB, Policlínica-ESB, Outros-ESF e Outros-ESB. Na região Horizonte Verde identificam-se quatro tipos de arranjos, na região Aquífero Guarani seis tipos, e cinco arranjos distintos na região Vale das Cachoeiras. Verifica-se que em sua maioria as equipes se organizam sob a perspectiva do modelo da Estratégia de Saúde da Família nas três regiões de saúde analisadas. A disponibilidade de materiais, equipamentos, a estrutura da unidade de atenção primária e aspectos do processo de trabalho diferenciam-se discretamente entre os arranjos. Cada região de saúdeparece exercer influencia na organização dos seus serviços, determinando similaridades entre os diferentes arranjos quando as unidades de saúde são de uma mesma região. A organização dos serviços de atenção primária quanto a estrutura e processo de trabalho deve ser norteada pelas necessidades da população assistida, portanto é relevante investimentos em estrutura física, materiais, equipamentos e formação de profissionais para atuarem na APS, sob a premissa do fortalecimento de todo sistema de saúde
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.06.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FREITAS, Maraiza Alves; BAVA, Maria do Carmo Gullaci Guimarães Caccia. Arranjos organizativos da atenção primária nas regiões de saúde de um Departamento Regional de Saúde. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-23042018-165349/ >.
    • APA

      Freitas, M. A., & Bava, M. do C. G. G. C. (2017). Arranjos organizativos da atenção primária nas regiões de saúde de um Departamento Regional de Saúde. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-23042018-165349/
    • NLM

      Freitas MA, Bava M do CGGC. Arranjos organizativos da atenção primária nas regiões de saúde de um Departamento Regional de Saúde [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-23042018-165349/
    • Vancouver

      Freitas MA, Bava M do CGGC. Arranjos organizativos da atenção primária nas regiões de saúde de um Departamento Regional de Saúde [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-23042018-165349/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021