Exportar registro bibliográfico

Foucault como gesto sem autoria: uma incursão pelos cursos do Collège de France (1970-1984) (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTOS, DIEGO ELIAS DOS - FE
  • Unidade: FE
  • Subjects: ÉTICA; FILOSOFIA; VERDADE
  • Keywords: Ethics; Ética; Filosofia; Michel Foucault; Michel Foucault; Philosophical life; Philosophy; Truth; Verdade; Vida filosófica
  • Language: Português
  • Abstract: Na presente dissertação, efetuamos um estudo de cunho teórico metodológico sobre parte da trajetória do pensamento de Michel Foucault. O objetivo do trabalho é dar a ver de que formas o filósofo francês aborda o problema da ética, entendida não como fundamento universalmente válido e legítimo para a ação moral, mas como processos históricos de modificação do éthos do sujeito em relação à verdade. Foucault trata diretamente da ética na Antiguidade greco-romana em seus últimos trabalhos na década de 1980. Contudo, acreditamos que a ética não se limita a uma tematização imediatamente localizável em sua obra, mas envolve também os próprios procedimentos metodológicos empregados pelo pensador ao longo de suas investigações. Selecionamos como corpus documental seus treze cursos ministrados no Collège de France, entre os anos de 1970 e 1984, por se tratarem de ocasiões privilegiadas que nos permitem visualizar os deslocamentos que caracterizam seus questionamentos filosóficos. Para adentrar domínios tão amplos, elegemos o curso Subjetividade e verdade, de 1981, como um núcleo irradiador de problematização na leitura de tal material. No intuito de compor a ambiência desses estudos, acionamos ainda as entrevistas compiladas nos Dits et écrits. A noção de vida também nos vale como um campo de atravessamento dos cursos do pensador. Assim, ao percorrermos eixos centrais de problematização, tais como as tecnologias de subjetivação, as artes de existência, a espiritualidade, a parresía ea vida filosófica, é possível evidenciar um modo de fazer filosófico, um gesto de pensamento, que prescinde de toda autoria e de toda marcação identitária, esforçando-se constantemente em ultrapassar-se a si mesmo. Acreditamos ser essa a força ética que marca o pensamento de Michel Foucault, capaz de impactar estudos tanto no campo educacional quanto em outros campos do conhecimento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.10.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Diego Elias dos; RIBEIRO, Cintya Regina. Foucault como gesto sem autoria: uma incursão pelos cursos do Collège de France (1970-1984). 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-06122017-144552/ >.
    • APA

      Santos, D. E. dos, & Ribeiro, C. R. (2017). Foucault como gesto sem autoria: uma incursão pelos cursos do Collège de France (1970-1984). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-06122017-144552/
    • NLM

      Santos DE dos, Ribeiro CR. Foucault como gesto sem autoria: uma incursão pelos cursos do Collège de France (1970-1984) [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-06122017-144552/
    • Vancouver

      Santos DE dos, Ribeiro CR. Foucault como gesto sem autoria: uma incursão pelos cursos do Collège de France (1970-1984) [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-06122017-144552/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021