Exportar registro bibliográfico

Ação da polaridade na estimulação elétrica transcutânea para o tratamento de áreas doadoras de enxertos autógenos em pacientes queimados: estudo clínico randomizado cego (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: CARVALHO, CAMILA SILVA DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: CICATRIZAÇÃO; ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA; FISIOTERAPIA
  • Keywords: Cicatrização; Electrical stimulation; Estimulação elétrica; Fisioterapia; Physical therapy; Wound Healing
  • Language: Português
  • Abstract: O cuidado com as áreas doadoras de enxertos de pele merece constante atenção, visto que desencadeia desconforto por dor e restrição de movimentos. Existem evidências de que a estimulação elétrica pode acelerar a cicatrização de feridas e produzir analgesia, e que diferentes parâmetros físicos podem interferir nas respostas apresentadas. O objetivo do estudo foi avaliar o efeito da polaridade da corrente na cicatrização e na dor. Para tanto foram comparados os efeitos da estimulação elétrica de alta voltagem (EAV), polarizada, e a estimulação elétrica nervosa transcutânea (ENT), despolarizada, no tratamento das áreas doadoras de pacientes queimados. Para tanto, foram avaliados 48 voluntários do sexo masculino randomizados em três grupos: submetidos à estimulação elétrica de alta voltagem (GEAV), média idade de 34,2(±9,8) anos, n=17; submetidos à estimulação elétrica nervosa transcutânea (GENT), com 34(±9,5) anos, n=16; e não submetido à estimulação elétrica ou grupo controle (GC) média de idade 35(±9,5 anos), n= 15. Os procedimentos terapêuticos foram aplicados nas extremidades da área doadora, no primeiro pós-operatório, até a epitelização completa. As variáveis avaliadas foram avaliação clínica, o tempo (dias) de epitelização, estimado pelo desprendimento do curativo primário sobre a lesão, avaliação da dor pela escala numérica de dor, a temperatura cutânea pela termografia infravermelha, qualidade da cicatriz (book de Lotos, escala Vancouver, software Image J ®). Após a análise dos dados, foi aplicado o teste de Shapiro-Wilk, em seguida o comportamento pré e pós-intervenção intragrupo foi aplicado o teste Wilcoxon. Para comparação entre os grupos foi efetuado teste de Kruskal-Wallis seguido de post-hoc de Dunn, em todos os casos foi utilizado o nível de significância de 5% (p<0,05). Os achados apontam que o tempo dedesprendimento do curativo Rayon das arcas doadoras foi significativamente menor para GEAV apresentando (p<0,033). Houve redução significativa da dor (p<0,05) para o GEAV e para o GENT, quando comparado ao GC. A quantidade relacionada a solicitação de analgésicos foi reduzida para os grupos estimulados, com diferença significativa do GEAV versus GC (p<0,002) e GENT verses GC (p<0,001) Não houve diferença significativa na temperatura cutânea entre os grupos. Não houve diferença significativa no escore final da escala Vancouver e nem quantidade de crostas entre os grupos. A polaridade da corrente pode ter influenciado no tempo de epitelização, porém não interferiu na dor e na qualidade da área doadora
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.08.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Camila Silva de; GUIRRO, Elaine Caldeira de Oliveira. Ação da polaridade na estimulação elétrica transcutânea para o tratamento de áreas doadoras de enxertos autógenos em pacientes queimados: estudo clínico randomizado cego. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17152/tde-06042018-101750/ >.
    • APA

      Carvalho, C. S. de, & Guirro, E. C. de O. (2017). Ação da polaridade na estimulação elétrica transcutânea para o tratamento de áreas doadoras de enxertos autógenos em pacientes queimados: estudo clínico randomizado cego. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17152/tde-06042018-101750/
    • NLM

      Carvalho CS de, Guirro EC de O. Ação da polaridade na estimulação elétrica transcutânea para o tratamento de áreas doadoras de enxertos autógenos em pacientes queimados: estudo clínico randomizado cego [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17152/tde-06042018-101750/
    • Vancouver

      Carvalho CS de, Guirro EC de O. Ação da polaridade na estimulação elétrica transcutânea para o tratamento de áreas doadoras de enxertos autógenos em pacientes queimados: estudo clínico randomizado cego [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17152/tde-06042018-101750/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021