Exportar registro bibliográfico

A experiência do Departamento de Informação e Documentação Artísticas (IDART) em São Paulo: uma revisão crítica (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: LEITE, ANDRÉA ANDIRA - MUSEOLOGIA
  • Unidade: MUSEOLOGIA
  • Sigla do Departamento: PPMUS
  • Subjects: EXPOSIÇÕES MUSEOLÓGICAS; DOCUMENTAÇÃO MUSEOLÓGICA; MUSEOLOGIA; AÇÃO CULTURAL
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação investiga o legado do Departamento de Informação e Documentação Artísticas - IDART para a cultura paulistana. Criado em 1975, na cidade de São Paulo, teve uma importante trajetória que foi marcada, no entanto, por uma forte instabilidade institucional. O recorte temporal escolhido cobre de 1975 a 1982, período em que o IDART gozou de autonomia política e conceitual. Embora o Departamento tenha se tornado conhecido pelo seu Centro de Pesquisa, pretendemos demonstrar que ele se constituiu numa instituição muito mais complexa, dotada de uma estrutura organizacional singular. Para atingir nossos propósitos iremos primeiramente analisar o projeto que deu origem ao IDART, os antecedentes institucionais que serviram de base para o estabelecimento de suas matrizes conceituais, bem como a contribuição de diferentes intelectuais que estiveram envolvidos em sua concepção, com destaque para o papel preponderante desempenhado por Maria Eugênia Franco. Iremos também detalhar as atividades do Centro de Pesquisa (Centro de Documentação e Informação sobre Arte Brasileira Contemporânea), ressaltando o caráter pioneiro das metodologias e das rotinas de trabalho adotadas. Por fim, tentaremos evidenciar de que modo o IDART buscou conjugar as funções de centro de documentação às atribuições de uma instituição museológica, no que se refere à formação de coleções e difusão de conhecimento por meio de publicações e exposições didáticas.Em relação às fontes, utilizamos documentos de arquivos institucionais, sendo que uma parte deles foi tornada pública apenas recentemente, além de termos recorrido a um levantamento minucioso de matérias publicadas na grande imprensa com o intuito de cobrir certas lacunas. Todo o nosso esforço concentrou-se em propor uma revisão crítica da história institucional do IDART, em seus primeiros anos, como uma contribuição pontual para o estudo das políticas públicas da cultura no estado de São Paulo ao longo do século XX
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.09.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEITE, Andréa Andira; COSTA, Helouise Lima. A experiência do Departamento de Informação e Documentação Artísticas (IDART) em São Paulo: uma revisão crítica. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.
    • APA

      Leite, A. A., & Costa, H. L. (2017). A experiência do Departamento de Informação e Documentação Artísticas (IDART) em São Paulo: uma revisão crítica. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Leite AA, Costa HL. A experiência do Departamento de Informação e Documentação Artísticas (IDART) em São Paulo: uma revisão crítica. 2017 ;
    • Vancouver

      Leite AA, Costa HL. A experiência do Departamento de Informação e Documentação Artísticas (IDART) em São Paulo: uma revisão crítica. 2017 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021