Exportar registro bibliográfico

Uma proposta de tipologia para os novos empreendedores brasileiros sob a perspectiva da inovação (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: KOZESINSKI, RICARDO - FEA
  • Unidade: FEA
  • Sigla do Departamento: EAD
  • Subjects: EMPREENDEDORISMO; CULTURA; INOVAÇÃO
  • Keywords: Culture; Entrepreneurship; Innovation; Tipologia; Typology
  • Language: Português
  • Abstract: Pesquisas que procuram identificar o empreendedor e seu papel na economia fundamentam-se historicamente em Schumpeter. Empreendedor é aquele que inova, diz o autor, contrariando o senso comum de que bastaria ter um negócio próprio para ganhar essa designação. Diversos estudos indicam que o Brasil é um país com muitos empreendedores, já outros revelam que existem pouca inovação no país, o que de certa forma é uma contradição com a ideia do empreendedor schumpeteriano. No entanto, a intensa criação de novas startups no Brasil podem ser evidência da existência de um tipo de empreendedor mais alinhado à Schumpeter, já que essas são empresas recém-criadas e que se baseiam no desenvolvimento de tecnologias inovadoras com potencial de rápido crescimento e geração de valor. Empresas inovadoras são importantes para o país por serem capazes de influir positivamente no seu desenvolvimento econômico, melhorando as condições de vida de sua população. Empresas inovadoras são criadas por pessoas inovadoras e o objetivo dessa pesquisa foi identificar quais são os tipos de empreendedores que criam startups. Um estudo exploratório foi realizado e contemplou 11 entrevistas abertas com empreendedores de startups que foram analisadas e seus resultados categorizados. A dimensão da inovação é fundamental para distinguir o empreendedor e foi a base para a elaboração da tipologia que identificou 7 tipos diferentes de empreendedores: racionalista, explorador, adaptador, transformador, pré-inovador,utopista e minimalista. Os resultados obtidos indicam que há pouca inovação entre os empreendedores de startups pesquisados. No entanto, foram identificados casos em que os empreendedores desenvolveram tecnologias novas que, mesmo não sendo inéditas, entregam resultados superiores aos seus clientes. A influência da cultura sobre a inovação também foi foco de investigação. A dificuldade dos empreendedores em cooperar, especialmente por eleger elementos emocionais em detrimentos de escolhas utilitárias, sua falta de confiança em instituições e em pessoas, suas preferências por atividades hedonistas, a pouca diversidade e uma relativa baixa capacidade de adaptação frente a adversidades são elementos que contribuem para a dificuldade em inovar as startups
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.10.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KOZESINSKI, Ricardo; FELDMANN, Paulo Roberto. Uma proposta de tipologia para os novos empreendedores brasileiros sob a perspectiva da inovação. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-13122017-152138/ >.
    • APA

      Kozesinski, R., & Feldmann, P. R. (2017). Uma proposta de tipologia para os novos empreendedores brasileiros sob a perspectiva da inovação. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-13122017-152138/
    • NLM

      Kozesinski R, Feldmann PR. Uma proposta de tipologia para os novos empreendedores brasileiros sob a perspectiva da inovação [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-13122017-152138/
    • Vancouver

      Kozesinski R, Feldmann PR. Uma proposta de tipologia para os novos empreendedores brasileiros sob a perspectiva da inovação [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-13122017-152138/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021