Exportar registro bibliográfico

Validação de um questionário semiquantitativo de frequência alimentar e de seu Índice de Qualidade da Dieta Revisado para crianças e adolescentes de 9 a 13 anos utilizando biomarcadores dietéticos – Ribeirão Preto, SP (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: HILLESHEIM, ELAINE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPP
  • Subjects: VALIDADE DO TESTE; QUESTIONÁRIOS; COMPORTAMENTO ALIMENTAR; BIOMARCADORES; DIETA; CRIANÇAS
  • Keywords: Adolescentes; Adolescents; Biomarcadores; Biomarkers; Children; Crianças; Food Frequency Questionnaire; Healthy Eating Index - Revised; Índice de Qualidade da Dieta Revisado; Questionário de Frequência Alimentar; Validação; Validation
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O consumo alimentar inadequado é causa de deficiências nutricionais, especialmente na infância e adolescência, fases em que o organismo está em pleno crescimento e desenvolvimento. Portanto, é fundamental que sejam validados instrumentos que identifiquem o consumo alimentar de crianças e adolescentes e subsidiem o entendimento do processo saúde-doença. Objetivos: Avaliar a validade da estimativa do consumo de nutrientes e das pontuações total e por componentes do Índice de Qualidade da Dieta Revisado (IQD-R), ambas obtidas a partir de um Questionário Semiquantitativo de Frequência Alimentar (QSFA), utilizando biomarcadores dietéticos como métodos de referência, em crianças e adolescentes de 9 a 13 anos de idade do município de Ribeirão Preto - SP. Métodos: Estudo metodológico de validação. O consumo alimentar foi estimado por um QFSA e calculado no software Nutrition Data System for Research (NDSR)®, sendo os seguintes nutrientes estimados: ácidos graxos mirístico (C14:0), palmítico (C16:0), margárico (C17:0), esteárico (C18:0), α-linolênico (C18:3; ALA), eicosapentaenoico (C20:5; EPA) e docosahexaenóico (C22:6; DHA); β-caroteno; retinol; α-tocoferol e vitaminas D, B1, B2, B3, B5, B6, folato e B12. O consumo alimentar estimado pelo QSFA foi utilizado para calcular as pontuações do IQD-R. Além dos componentes originais do IQD-R, foram calculados os componentes modificados denominados Vegetais Totais sem Leguminosas (Vegetais Totais SL) e Vegetais Verde-Escuros e Alaranjados sem Leguminosas (Veveal SL), nos quais o excedente de leguminosas do Grupos Carnes, Ovos e Leguminosas não foi incluído. Os biomarcadores foram analisados em amostras de plasma: β-caroteno, β-caroteno/colesterol total (CT), retinol, α-tocoferol, α-tocoferol/CT, 25-hidroxivitamina D3 [25(OH)D3], tiamina, riboflavina, nicotinamida, nudiflloramida, ácido pantotênico,piridoxamina 5-fosfato (PMP), piridoxal, piridoxal 5-fosfato (PLP), 5-metiltetrahidrofolato (5-MTHF), folato, vitamina B12, creatina; ou eritrócitos: C14:0, ácido pentadecanóico (C15:0), C16:0, C17:0, C18:0, ALA, EPA e DHA. As associações da estimativa do consumo de nutrientes e das pontuações do IQD-R com as concentrações de biomarcadores foram analisadas por correlação de Spearman e correlação parcial ajustada para energia, sexo, idade e escore-z de índice de massa corporal para idade. Todos os indivíduos foram classificados em quartis de acordo com a estimativa do consumo de nutrientes, as pontuações do IQD-R e os biomarcadores e os dados foram analisados para concordância entre quartis de biomarcadores vs. consumo, diferença das médias dos biomarcadores entre o primeiro e o último quartil de consumo e análise de tendência das médias dos biomarcadores entre os quartis de consumo. As análises estatísticas foram realizadas no software Statistical Package for lhe Social Sciences (SPSS ®, versão 20.0, com nível de significância de 5%. Resultados: A amostra foi constituída de 177 indivíduos com média de 11,5 (DP 1,1) anos de idade, sendo 52,0% do sexo feminino. Os biomarcadores β-caroteno (r=0,168), β-caroteno/CT (r=0,171), 25(OH)D3 (r=0,209), C14:0 (r=0,211) e EPA (r=0,166) apresentaram correlações ajustadas com os respectivos consumos estimados pelo QSFA. Após ajuste para variáveis de confusão, o biomarcador DHA apresentou correlação com o consumo estimado de DHA apenas no sexo feminino (r=0,280). Quanto ao IQD-R, os componentes de vegetais foram correlacionados aos biomarcadores de β-caroteno e β-caroteno/CT (r = 0,230 a 0,340), enquanto os componentes modificados Vegetais Totais SL e Veveal SL foram correlacionados aos biomarcadores vitamina B12 (r=0, 194) e 5-MTHF (r=0,201), respectivamente. Todos os componentes ricos em proteínas de origem vegetal(leguminosas) e animal (carnes e ovos) foram correlacionados à creatina plasmática (r=0,205 a 0,327). O componente Leite e Derivados foi correlacionado aos biomarcadores C14:0 (r=0,169), ácido pantotênico (r=0,233), PLP (r=0,283) e vitamina B12 (r=0,265). Biomarcadores de vitaminas do complexo B foram inversamente correlacionados aos componentes Cereais Totais; Carnes, Ovos e Leguminosas e Gordura Saturada (r= -0,178 a -0,282). Não houve correlações entre biomarcadores e a pontuação total do IQD-R. As associações entre biomarcadores e os nutrientes estimados pelo QSFA e os componentes Vegetais Totais SL, Veveal SL, Leite e Derivados e Gordura Saturada foram corroboradas por concordância entre quartis >70%, diferença de média de biomarcador entre primeiro e último quartil de consumo e tendência de média biomarcador entre quartis de consumo. Conclusão: A estimativa de nutrientes e os componentes do IQD-R, ambos obtidos por meio do QSFA, foram validados conforme as associações acima descritas e podem ser utilizados em estudos clínicos e epidemiológicos que investiguem a associação entre desfechos em saúde e consumo alimentar de crianças e adolescentes de 9 a 13 anos da região de Ribeirão Preto, SP
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.08.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HILLESHEIM, Elaine; MONTEIRO, Jacqueline Pontes. Validação de um questionário semiquantitativo de frequência alimentar e de seu Índice de Qualidade da Dieta Revisado para crianças e adolescentes de 9 a 13 anos utilizando biomarcadores dietéticos – Ribeirão Preto, SP. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17144/tde-10042018-134702/ >.
    • APA

      Hillesheim, E., & Monteiro, J. P. (2017). Validação de um questionário semiquantitativo de frequência alimentar e de seu Índice de Qualidade da Dieta Revisado para crianças e adolescentes de 9 a 13 anos utilizando biomarcadores dietéticos – Ribeirão Preto, SP. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17144/tde-10042018-134702/
    • NLM

      Hillesheim E, Monteiro JP. Validação de um questionário semiquantitativo de frequência alimentar e de seu Índice de Qualidade da Dieta Revisado para crianças e adolescentes de 9 a 13 anos utilizando biomarcadores dietéticos – Ribeirão Preto, SP [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17144/tde-10042018-134702/
    • Vancouver

      Hillesheim E, Monteiro JP. Validação de um questionário semiquantitativo de frequência alimentar e de seu Índice de Qualidade da Dieta Revisado para crianças e adolescentes de 9 a 13 anos utilizando biomarcadores dietéticos – Ribeirão Preto, SP [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17144/tde-10042018-134702/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021