Exportar registro bibliográfico

Resistente, misteriosa, visível: a forma e suas ficções na literatura de Jorge Luis Borges (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, WILLIAM AUGUSTO DA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLT
  • Subjects: LITERATURA ARGENTINA; NARRATIVA; CRÍTICA LITERÁRIA; CONTO; PERCURSO DA CRIAÇÃO LITERÁRIA
  • Keywords: Commodity form; Formamercadoria; Literatura e sociedade; Literature and society; Particularidade; Particularity
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo consiste numa leitura da obra de Jorge Luis Borges, em especial de sua narrativa, a partir dos pressupostos da crítica literária dialética em sua busca pelo estabelecimento de possíveis mediações entre literatura e sociedade. Nosso ponto de partida foi a análise das premissas teóricas do escritor argentino a respeito do gênero conto e, em seguida, passamos à discussão a respeito dos temas da leitura e da reescrita no âmbito de sua produção literária e teórica. Ao longo desse percurso, delinearam-se características formais que podem ser descritas em termos de uma prevalência do abstrato sobre o específico, do todo sobre a parte, ou, finalmente, do universal sobre o particular. Esse esquema básico, embora se configure de diferentes formas no objeto, foi isolado pelo trabalho de análise e identificado como o princípio constitutivo da forma, concebida tanto do ponto de vista da composição, em que todo e partes se articulam, quanto do ponto de vista da reescrita de uma história tradicional ou arquetípica, em que a fábula básica do intertexto impõe o padrão da ação ao texto receptor. A proposta interpretativa deste estudo sugere ver nesses traços aspectos da sociedade capitalista contemporânea, cujas relações sociais se pautam pelo tipo de racionalidade instrumental típico da sociedade burguesa. O predomínio do geral sobre o particular, isto é, do valor de troca sobre o valor de uso, que caracteriza a forma-mercadoria na visão de Marx, se generaliza e expande sualógica para todos os domínios da realidade. Convergindo com a formação do valor da mercadoria, a obra de arte partilharia, em certa medida, do pensamento reificado da totalidade social, de acordo com Theodor Adorno. Essa proposta interpretativa é levada a término e suas consequências dialéticas discutidas por meio da análise do conto El Zahir, pertencente ao livro El Aleph, publicado em 1949 em Buenos Aires. A fim de possibilitar essa análise, o presente estudo inclui também a análise do conto Berenice, de Edgar Allan Poe, com o qual El Zahir estabelece um diálogo sutil, embora bastante produtivo. Ademais, encontram-se comentados ou analisados neste trabalho os contos Funes, el memoriso, Tema del traidor y del héroe (Ficções, 1944) e La trama (El hacedor, 1960)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.04.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, William Augusto da; BISCHOF, Betina. Resistente, misteriosa, visível: a forma e suas ficções na literatura de Jorge Luis Borges. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8151/tde-27062017-085444/ >.
    • APA

      Silva, W. A. da, & Bischof, B. (2017). Resistente, misteriosa, visível: a forma e suas ficções na literatura de Jorge Luis Borges. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8151/tde-27062017-085444/
    • NLM

      Silva WA da, Bischof B. Resistente, misteriosa, visível: a forma e suas ficções na literatura de Jorge Luis Borges [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8151/tde-27062017-085444/
    • Vancouver

      Silva WA da, Bischof B. Resistente, misteriosa, visível: a forma e suas ficções na literatura de Jorge Luis Borges [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8151/tde-27062017-085444/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021