Exportar registro bibliográfico

Quantificação de fármacos antituberculose em nanofibras por eletroforese capilar (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: YATACO LAZARO, LOURDES MARCELA - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBF
  • Subjects: CONTROLE FÍSICO-QUÍMICO DE QUALIDADE DOS FÁRMACOS; MATERIAIS NANOESTRUTURADOS; CROMATOGRAFIA LÍQUIDA DE ALTA EFICIÊNCIA; NANOTECNOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Apesar de ser uma das doenças infecciosas mais antigas e bem conhecidas, a tuberculose (TB) permanece como a segunda maior causa de morte após a síndrome da imunodeficiência adquirida. A TB é uma doença infecciosa e transmissível, causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis (Mtb), que afeta prioritariamente os pulmões, embora possa acometer outros órgãos e sistemas. O presente trabalho teve como objetivo desenvolver nanofibras e nanoesferas de poli (D,L-láctico co-glicólico) (PLGA) contendo os Insumos Farmacêuticos Ativos (IFAs), rifampicina e isoniazida; caracterizá-las físico quimicamente e determinar a eficiência de encapsulação destes IFAs pelos métodos de eletroforese capilar (CE) e cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC). O método de CE para a determinação simultânea dos IFAs antituberculose (isoniazida, rifampicina, pirazinamida e etambutol) foi otimizado por meio de um delineamento de experimentos de mistura com uma abordagem de vértices extremos usando o Software estatístico Minitab 17. Para o desenvolvimento das nanofibras se utilizou a técnica de electrospinning e para as nanoesferas se utilizou a técnica de emulsão/evaporação de solvente. As nanofibras foram caraterizadas por microscopia eletrônica de varredura (SEM), microscopia eletrônica de transmissão (TEM), espectrofotometria de absorção na região do infravermelho (FTIR), calorimetria exploratória diferencial (DSC) e termogravimetria/termogravimetria derivada (TGA) e as nanoesferas foram caracterizadas pelas técnicas de espalhamento dinâmico de luz (DLS), potencial zeta, índice de polidispersão, pH, SEM, TEM, FTIR e DSC. A eficiência de encapsulação dos IFAs nas nanofibras e nas nanoesferas foram realizadas através de duas técnicas analíticas, HPLC e CE, previamente validadas. A eficiência de encapsulação de isoniazida e rifampicina nas nanofibras foi 12,16 % e 5,90 %, respectivamenteusando a técnica de HPLC e através da técnica de CE a eficiência de encapsulação foi de 12,30 % e 6,36 %, para isoniazida e rifampicina, respectivamente. A eficiência de encapsulação para a melhor formulação das nanoesferas foi de 2,33 % e 14,75 % para a isoniazida e rifampicina, respectivamente através da técnica de HPLC e uma eficiência de encapsulação de 2,26 % para a isoniazida e 14,22 % para a rifampicina através da técnica de CE. O método por CE teve a vantagem de apresentar um menor tempo de analise, menos de 6 min, com uma adequada resolução entre os picos dos IFAs. O tempo de analise por HPLC foi de 10 min. O método de CE foi menos lesivo ao meio ambiente, devido à pouca quantidade de solventes orgânicos, tornando assim a CE em um método alternativo à HPLC.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.10.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      YATACO LAZARO, Lourdes Marcela; AURORA-PRADO, Maria Segunda. Quantificação de fármacos antituberculose em nanofibras por eletroforese capilar. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9139/tde-06122017-103332/ >.
    • APA

      Yataco Lazaro, L. M., & Aurora-Prado, M. S. (2017). Quantificação de fármacos antituberculose em nanofibras por eletroforese capilar. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9139/tde-06122017-103332/
    • NLM

      Yataco Lazaro LM, Aurora-Prado MS. Quantificação de fármacos antituberculose em nanofibras por eletroforese capilar [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9139/tde-06122017-103332/
    • Vancouver

      Yataco Lazaro LM, Aurora-Prado MS. Quantificação de fármacos antituberculose em nanofibras por eletroforese capilar [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9139/tde-06122017-103332/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021