Exportar registro bibliográfico

Associação entre a ocorrência de reabsorção radicular externa e a perda precoce de incisivos decíduos traumatizados: estudo de coorte histórico (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KIMURA, JULIANA SAYURI - FO
  • Unidades: FO
  • Sigla do Departamento: ODO
  • Subjects: DENTE DECÍDUO; REABSORÇÃO DA RAIZ; TRAUMATISMOS DENTÁRIOS; ESTUDOS DE COORTES
  • Keywords: Deciduous tooth; Dente decíduo; Estudo de coorte histórico; Expansion of dental sac-related resorption; Infection related root resorption; Perda dentária precoce; Premature tooth loss, Hystorical cohort study; Reabsorção da raiz; Reabsorção relacionada à expansão do folículo dental; Reabsorção relacionada à infecção; Reabsorção relacionada à reparação; Repair related root resorption; Root resorption; Tooth Injuries; Traumatismo dentário
  • Language: Português
  • Abstract: O trauma em dentes decíduos é uma ocorrência comum na infância, sendo a reabsorção radicular patológica (RRP) uma das sequelas observadas no próprio dente traumatizado. A proposta deste estudo de coorte histórico foi avaliar a associação entre a ocorrência de reabsorção radicular externa e a perda precoce de incisivos centrais superiores decíduos traumatizados. Um examinador treinado e calibrado avaliou as fichas clínicas, fotografias e radiografias de prontuários de pacientes atendidos no Centro de Pesquisa e Atendimento de Traumatismos em Dentes Decíduos da FOUSP de 1998 a 2016. Após critérios de inclusão e exclusão, 521 prontuários foram analisados. Observou-se que 56,6% dos pacientes eram do sexo masculino, 54,7% tinham menos de 3 anos de idade e 30,7% tinham mordida aberta anterior e/ou sobressaliência no momento do trauma. A amostra deste estudo foi composta de 803 incisivos centrais superiores decíduos traumatizados, dos quais 69,2% sofreram trauma de tecido periodontal. Observou-se em 56 dentes (7%) reabsorção fisiológica, 138 (17,2%) reabsorção relacionada à reparação óssea (RRR), 163 (20,3%) reabsorção relacionada à infecção (RRI) e 446 (55,5%) reabsorção relacionada à expansão do folículo do sucessor permanente (RREXP). A ocorrência de reabsorção radicular patológica foi de 93% dos dentes incluídos neste estudo. A RREXP apresentou as maiores médias de tempo entre a ocorrência do trauma e o diagnóstico da reabsorção e entre o diagnóstico da reabsorção e a perda dodente, 32,3 meses e 24,1 meses, respectivamente. Já em contrapartida a RRI foi a que apresentou as menores médias 12,8 meses e 5 meses, respectivamente. A associação entre as variáveis independentes e os desfechos foram avaliadas usando análises de regressão de Poisson que permitiram o cálculo dos valores de risco relativo (RR) e respectivos intervalos de confiança de 95%. Em relação ao desfecho perda precoce, a análise de regressão de Poisson multivariada no modelo hierárquico pré-definido indicou como fatores de risco a presença de mordida aberta e/ou sobressaliência (RR = 1,95; 1,20 - 3,18), traumas de tecido periodontal do tipo luxação (RR = 1,84; 1,03 - 3,31) ou luxação com deslocamento (RR = 2,37; 1,36 - 4,12), reabsorção relacionada à reparação óssea (RR = 3,35; 1,17 - 9,55), reabsorção relacionada à infecção (RR = 7,55; 2,74 - 20,81) e a presença de necrose pulpar (RR = 2,35; 1,18 - 4,67). O tratamento endodôntico foi considerado fator de proteção (RR = 0,53; 0,36 - 0,77). Para o desfecho reabsorção desfavorável (RRR e RRI), a análise de regressão de Poisson multivariada indicou como fatores de risco trauma de tecido periodontal do tipo luxação (RR = 1,93; 1,20 - 3,09) e luxação com deslocamento (RR = 2,81; 1,80 - 4,38), traumas de tecido duro (RR = 1,94; 1,21 - 3,12) e ter coloração dental cinza ou marrom (RR = 1,46; 1,09 - 1,95). A calcificação pulpar foi considerada fator de proteção (RR = 0,51; 0,38 - 0,69). Conclui-se que a ocorrência de reabsorção radicularexterna patológica em incisivos centrais superiores decíduos traumatizados é alta, e que as reabsorções relacionadas à reparação óssea e à infecção são desfavoráveis ao ciclo fisiológico destes dentes, porém o prognóstico melhora com o tratamento endodôntico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.09.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KIMURA, Juliana Sayuri; WANDERLEY, Marcia Turolla. Associação entre a ocorrência de reabsorção radicular externa e a perda precoce de incisivos decíduos traumatizados: estudo de coorte histórico. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23132/tde-27112017-122303/ >.
    • APA

      Kimura, J. S., & Wanderley, M. T. (2017). Associação entre a ocorrência de reabsorção radicular externa e a perda precoce de incisivos decíduos traumatizados: estudo de coorte histórico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23132/tde-27112017-122303/
    • NLM

      Kimura JS, Wanderley MT. Associação entre a ocorrência de reabsorção radicular externa e a perda precoce de incisivos decíduos traumatizados: estudo de coorte histórico [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23132/tde-27112017-122303/
    • Vancouver

      Kimura JS, Wanderley MT. Associação entre a ocorrência de reabsorção radicular externa e a perda precoce de incisivos decíduos traumatizados: estudo de coorte histórico [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23132/tde-27112017-122303/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020