Exportar registro bibliográfico

Associações entre traumas emocionais precoces, traços de personalidade e reconhecimento de expressões faciais em indivíduos diagnosticados com transtorno de estresse pós traumático, ansiedade social e ansiedade generalizada (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FIORESI, VANESSA FERNANDES - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: TRAUMA EMOCIONAL; TRAÇOS DE PERSONALIDADE; EMOÇÕES; ANSIEDADE SOCIAL
  • Keywords: Anxiety Disorders; Early emotional trauma; Personality trait; Recognition of facial expressions of emotion; Reconhecimento de expressões faciais de emoção; Traços de Personalidade; Transtornos de Ansiedade; Traumas Emocionais Precoces
  • Language: Português
  • Abstract: Com o advento da psiquiatria, a ansiedade, quando propicia prejuízo do bem estar físico, social e emocional do indivíduo, passou a ser categorizada por específicos tipos de transtornos de ansiedade e relacionados ao estresse/trauma. Modelos ofiológicos atuais apontam que tais transtornos se desenvolvem, com maior facilidade, em indivíduos com histórico de traumas na primeira infância, sendo estes considerados fatores de risco importantes, bem como, se correlacionariam à presença e desenvolvimento de traços de personalidade do indivíduo e a um déficit de discriminação ambiental do mesmo, em especial quanto ao reconhecimento das expressões de emoções faciais. Assim, objetivou-se verificar as possíveis associações entre os traumas emocionais precoces (TEP), traços de personalidade e o reconhecimento de expressões de emoções faciais (REFE) em sujeitos diagnosticados com transtornos de ansiedade social (TAS), ansiedade generalizada (TAG), e estresse pós traumático (TEPT), utilizou-se como parâmetro um grupo controle com sujeitos saudáveis. Participaram deste estudo 120 sujeitos que foram alocados em quatro grupos distintos, de 30 participantes cada, sendo três clínicos (TAS, TAG, TEPT) e um não clínico (NC). Como instrumentos de coletas de dados foram utilizados: a) Escala do transtorno de ansiedade generalizada (GAD7); b) Inventário de fobia social (SPIN); c) Entrevista Clínica Estruturada para o DSM-IV (SCID-IV) versão clínica; d) Formulário Sociodemográfico e Clínico; e) Early Trauma Inventory Self Report Short Form (ETISR-SF); f) Questionário sobre a Saúde do Paciente-9 (PHQ-9); g) Escala de ansiedade de Beck (BAI); h) Teste Rápido de Identificação do Uso Abusivo de Álcool (FAST); i) Teste de Dependência de Nicotina de Fagerstrom (FTND); j) Inventário de Cinco Fatores NEO Revisado (NEO-FFI-R- versão reduzida); k)Tarefa de Reconhecimento de Expressões Faciais. A coletade dados dos grupos clínicos ocorreu em duas etapas, sendo: a) fase de rastreio: identificação e confirmação diagnóstica dos possíveis participantes; b) fase de avaliação de desfecho: confirmados os diagnósticos, os participantes eram convidados para a coleta em si. Como resultados, verificou-se que o grupo TEPT possuía um maior número de TEP gerais e totais, em especial eventos de ocorrência abruta, enquanto que o grupo TAG apresentou significativamente mais TEP emocionais, sexuais e totais. Quanto às características de personalidade, verificaram-se que o fator de neuroticismo foi significativamente presente nos grupos clínicos. Sobre a tarefa de reconhecimentos faciais, verificouse que o grupo TEPT apresentou significativa acurácia reduzida para a emoção de nojo e surpresa, bem como para faces masculinas, além de um maior tempo de resposta para o julgamento da emoção de surpresa. Por fim, através de análise de regressão, verificou-se para o TEPT, associações expressivas entre presença de traços de neuroticismo e reduzida acurácia da emoção surpresa; para o TAG, ocorreram associações significativas entre a presença de TEP emocional e sexual e maior acurácia para emoção de nojo; e para o TAS destacou-se a associação com traço de personalidade neuroticismo. Desta forma, os achados corroboram os dados prévios da literatura, indo além e explorando especificidades entre os diferentes transtornos. Acredita-se que a identificação de tais correlações proporcionam uma compreensão de forma integrada favorecendo condutas terapêuticas e preventivas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.06.2017
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FIORESI, Vanessa Fernandes; OSÓRIO, Flávia de Lima. Associações entre traumas emocionais precoces, traços de personalidade e reconhecimento de expressões faciais em indivíduos diagnosticados com transtorno de estresse pós traumático, ansiedade social e ansiedade generalizada. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17148/tde-26042018-170931/ >.
    • APA

      Fioresi, V. F., & Osório, F. de L. (2017). Associações entre traumas emocionais precoces, traços de personalidade e reconhecimento de expressões faciais em indivíduos diagnosticados com transtorno de estresse pós traumático, ansiedade social e ansiedade generalizada. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17148/tde-26042018-170931/
    • NLM

      Fioresi VF, Osório F de L. Associações entre traumas emocionais precoces, traços de personalidade e reconhecimento de expressões faciais em indivíduos diagnosticados com transtorno de estresse pós traumático, ansiedade social e ansiedade generalizada [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17148/tde-26042018-170931/
    • Vancouver

      Fioresi VF, Osório F de L. Associações entre traumas emocionais precoces, traços de personalidade e reconhecimento de expressões faciais em indivíduos diagnosticados com transtorno de estresse pós traumático, ansiedade social e ansiedade generalizada [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17148/tde-26042018-170931/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020