Exportar registro bibliográfico

Detecção de antígenos circulantes como abordagem diagnóstica em Leishmaniose visceral (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: CARVALHO, CAMILA APARECIDA DE - ICB
  • Unidade: ICB
  • Sigla do Departamento: BMP
  • Subjects: LEISHMANIOSE VISCERAL; ANTIGENOS; TESTES IMUNLÓGICOS; ANTICORPOS; IMUNOGLOBULINAS
  • Keywords: Antígenos; Antigens; Carbohydrates; Carboidratos; IgG; IgG; Immune complexes; Imunocomplexos; Leishmaniose visceral; Visceral leishmaniasis
  • Language: Português
  • Abstract: A leishmaniose visceral é uma doença parasitária caracterizada por altos níveis de anticorpos IgG, importantes para o diagnóstico da infecção, mas sem discriminar doença ativa. Sem papel efetivo durante a resposta imune, estes anticorpos participam na formação de imunocomplexos circulantes, indicando a presença de antígenos circulantes. Apesar da alta especificidade diagnóstica, a detecção de antígenos em soro é pouco explorada na leishmaniose visceral. A detecção de antígenos e imunocomplexos dependem tanto da especificidade de anticorpos como das características dos antígenos, que podem ser desde grandes proteínas ou pequenos polissacarídeos. Neste estudo, avaliamos a detecção de antígenos circulantes livres ou em imunocomplexos, e as características e especificidade antigênica de anticorpos IgG a proteínas ou carboidratos de L. (L) infantum chagasi em leishmaniose visceral experimental. Amostras de hamster com infecção experimental por L. (L.) infantum chagasi foram avaliadas aos 15, 30, 45, 60 e 90 dias de infecção. Altas concentrações de anticorpos IgG específicos foram detectadas em amostras com leishmaniose visceral experimental e natural, sempre com alta avidez, mesmo em períodos iniciais da infecção. A purificação por imunoafinidade de IgG de baixa avidez também confirmou esta alta concentração. Proteínas e carboidratos foram isolados do extrato antigênico total de promastigotas por cromatografia de exclusão molecular ou precipitação com etanol e marcadas combiotina para aminas ou açucares. Para uso em ELISA, carboidratos foram conjugados a BSA, o que permitiu a detecção de altos níveis de anticorpos IgG específicos para carboidratos. A presença de carboidratos antigênicos também foi demonstrada através da detecção de incremento de IgG em amostras com infecção experimental, o que confirmou a presença de imunocomplexos circulantes específicos a carboidratos. Nossos dados sugerem, que a participação da resposta imune humoral na leishmaniose visceral deve ter o envolvimento de carboidratos do parasita. O desenvolvimento de novas ferramentas diagnósticas para a detecção de carboidratos antigênicos pode permitir a identificação de imunocomplexos e antígenos circulantes na leishmaniose visceral
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.08.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Camila Aparecida de; ANDRADE JUNIOR, Heitor Franco de. Detecção de antígenos circulantes como abordagem diagnóstica em Leishmaniose visceral. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42135/tde-24112017-151245/ >.
    • APA

      Carvalho, C. A. de, & Andrade Junior, H. F. de. (2017). Detecção de antígenos circulantes como abordagem diagnóstica em Leishmaniose visceral. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42135/tde-24112017-151245/
    • NLM

      Carvalho CA de, Andrade Junior HF de. Detecção de antígenos circulantes como abordagem diagnóstica em Leishmaniose visceral [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42135/tde-24112017-151245/
    • Vancouver

      Carvalho CA de, Andrade Junior HF de. Detecção de antígenos circulantes como abordagem diagnóstica em Leishmaniose visceral [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42135/tde-24112017-151245/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021