Exportar registro bibliográfico

A evolução das concepções de hereditariedade e ambiente de estudantes de psicologia (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: CABRAL, CAIO PARADA - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: HEREDITARIEDADE; AMBIENTE UNIVERSITÁRIO; EPISTEMOLOGIA; ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS; PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar se estudantes de graduação em Psicologia demonstram compreensão crítica em relação ao secular debate entre hereditariedade e ambiente, sobretudo a partir de temas que fazem parte do campo da Psicologia do Desenvolvimento. Para tanto foi elaborado um questionário com 12 situações-problema, com quatro opções de respostas, sendo três referentes às concepções de desenvolvimento inatista, ambientalista e interacionista e uma indicativa do desconhecimento da resposta (não sei ou não tenho ideia a respeito). Participaram do estudo 462 graduandos em Psicologia, de 1º e 5º anos, de quatro Instituições de Ensino Superior privadas, localizadas no Estado de São Paulo. Os resultados foram analisados em função das variáveis sexo, idade, fase do curso, outro curso superior, Psicologia no Ensino Médio e das interações entre as variáveis sexo x fase do curso, idade x fase do curso, fase do curso x IES e IES x fase do curso. A análise inferencial dos resultados foi realizada por meio da estatística não paramétrica, calculando-se o qui-quadrado e o coeficiente de contingência. Os dados sugerem que a variável idade foi a mais influente e as interações mais relevantes foram entre IES x Fase do curso; Fase do curso x IES e sexo x fase do curso. Os dados do coeficiente de contingência indicaram que o grau de associação entre as variáveis analisadas variou de fraco a moderado. A concepção interacionista predominou na maior parte dos resultados, mas nem sempreinfluenciada pela fase do curso, como era a hipótese inicial. Além disso, a depender do tema da questão, as respostas ambientalistas chegaram a superar as interacionistas e, em alguns casos, a concepção inatista também se mostrou relevante para os participantes. Ou seja, houve certa variabilidade nas escolhas das concepções em função dos problemas apresentados, sugerindo que o estudante de Psicologia provavelmente tende a escolher a explicação para o problema de acordo com o contexto e não com uma base epistemológica (ou paradigma) coerente. Sendo assim, pode-se concluir que o graduando ainda precisa aprimorar sua capacidade de transferir o conhecimento adquirido em um paradigma para outras situações que não são comumente associadas a ele, desenvolvendo maior flexibilidade de pensamento. A presença de resultados contraintuitivos em algumas questões também demonstra que existem fatores ideológicos que interagem com a aquisição do conhecimento científico pelo estudante. Finalmente, a pluralidade de epistemologias/paradigmas no campo da Psicologia, bem como a própria diversidade de concepções a respeito do conceito de interação, podem ser fatores que dificultam o posicionamento crítico do graduando, uma vez que a explicitação do conhecimento e a relação da teoria com a base epistemológica pode não estar clara. Concluise, portanto, que, na formação do psicólogo é preciso articular melhor a relação entre epistemologia, prática e pensamento crítico, nos cursos de graduação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.06.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CABRAL, Caio Parada; LOMONACO, Jose Fernando Bitencourt. A evolução das concepções de hereditariedade e ambiente de estudantes de psicologia. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-10112017-123959/ >.
    • APA

      Cabral, C. P., & Lomonaco, J. F. B. (2017). A evolução das concepções de hereditariedade e ambiente de estudantes de psicologia. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-10112017-123959/
    • NLM

      Cabral CP, Lomonaco JFB. A evolução das concepções de hereditariedade e ambiente de estudantes de psicologia [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-10112017-123959/
    • Vancouver

      Cabral CP, Lomonaco JFB. A evolução das concepções de hereditariedade e ambiente de estudantes de psicologia [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-10112017-123959/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021