Exportar registro bibliográfico

Estudo das adaptações morfológicas e funcionais cardíacas promovidas pela abordagem farmacológica em associação ao treinamento físico aeróbio em ratos hipertensos (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: VIEIRA, SUENÍMEIRE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: HIPERTENSÃO; EXERCÍCIO FÍSICO; MEDICAMENTO
  • Keywords: Adaptações cardiovasculares; Antihypertensive drugs; Cardiovascular adaptations; Drogas anti-hipertensivas; Exercício físico; Hipertensão; Hypertension; Physical exercise
  • Language: Português
  • Abstract: O tratamento da hipertensão arterial sistêmica (HAS) mais usual envolve uma abordagem farmacológica baseada, principalmente, na inibição do sistema renina-angiotensina-aldosterona (SRAA). Contudo, outras abordagens têm sido utilizadas com excelentes resultados, como a prescrição de exercícios físicos regulares, principalmente o aeróbio, muitas vezes como terapia coadjuvante ao tratamento farmacológico. No entanto, embora a literatura mostre que a associação dos tratamentos promova maiores reduções da pressão arterial (PA), pouco sabemos sobre os efeitos teciduais e funcionais cardíacos. Portanto, o principal objetivo do estudo foi investigar os efeitos dos tratamentos isolados e associados da inibição do SRAA e do treinamento físico aeróbio sobre a hemodinâmica, morfologia e funcionalidade cardíaca em ratos espontaneamente hipertensos (SHR), bem como sobre a reatividade do leito coronariano e contratilidade do ventrículo esquerdo. Para tanto, a tese foi dividida em dois estudos; o primeiro abordou os efeitos da hipertensão sobre os parâmetros supracitados, e as adaptações promovidas pelo treinamento físico aeróbio; enquanto que no segundo estudo comparamos os efeitos do treinamento físico aeróbio e da inibição do SRAA prescritos de forma isolada ou associada. Foram utilizados ratos Wistar (N=12) e SHR, machos, com 18 semanas de vida (N=24). Os animais foram distribuídos em três grupos: grupo de ratos Wistar normotensos (N=12), grupo de SHR (N=12) tratados com veículo (água) e grupo de SHR (N=12) tratados com maleato de Enalapril (l0mg/kg/dia-1) por 10 semanas. A metade de cada grupo foi submetida ao treinamento físico aeróbio por meio da natação durante 10 semanas. Todos os grupos foram submetidos a dois protocolos experimentais; a avaliação morfofuncional do ventrículo esquerdo por meio da ecocardiografia bidimensional convencional, realizada nos animais vivos; e oestudo da reatividade do leito coronariano e da contratilidade do ventrículo esquerdo em corações isolados por meio da técnica de Langendorff. Nossos resultados mostraram que a associação do treinamento físico com o maleato de Enalapril promoveu as reduções mais expressivas da PA. Os resultados da avaliação ecocardiográfica nos animais vivos evidenciaram que os SHR apresentavam importantes alterações morfológicas quando comparados com os normotensos. O treinamento físico teve pouco efeito sobre essas alterações, ao contrário do maleato de Enalapril que modificou diversos parâmetros avaliados. Por sua vez, os resultados da técnica de Langendorff em corações isolados mostraram que os SHR apresentavam maior reatividade ao fluxo coronariano e menor pressão sistólica intraventricular. O treinamento físico e o maleato de Enalapril aumentaram a pressão sistólica intraventricular, e quando comparados, o treinamento físico apresentou maiores valores. A associação dos tratamentos não potencializou os resultados. Em conclusão, no exame ecocardiográfico o tratamento com maleato de Enalapril apresentou resultados mais preeminentes, enquanto que os efeitos do treinamento físico sobre o coração foram melhores evidenciados pela técnica de Langendorff. A associação dos dois tratamentos não apresentou efeitos adicionais sobre os parâmetros avaliados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.04.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VIEIRA, Suenimeire; SOUZA, Hugo Celso Dutra de. Estudo das adaptações morfológicas e funcionais cardíacas promovidas pela abordagem farmacológica em associação ao treinamento físico aeróbio em ratos hipertensos. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17152/tde-26042018-120135/ >.
    • APA

      Vieira, S., & Souza, H. C. D. de. (2017). Estudo das adaptações morfológicas e funcionais cardíacas promovidas pela abordagem farmacológica em associação ao treinamento físico aeróbio em ratos hipertensos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17152/tde-26042018-120135/
    • NLM

      Vieira S, Souza HCD de. Estudo das adaptações morfológicas e funcionais cardíacas promovidas pela abordagem farmacológica em associação ao treinamento físico aeróbio em ratos hipertensos [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17152/tde-26042018-120135/
    • Vancouver

      Vieira S, Souza HCD de. Estudo das adaptações morfológicas e funcionais cardíacas promovidas pela abordagem farmacológica em associação ao treinamento físico aeróbio em ratos hipertensos [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17152/tde-26042018-120135/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021