Exportar registro bibliográfico

Quantificação da intensidade de sinal nas ponderações T1 e T2 em ressonância magnética na diferenciação das neoplasias císticas pancreáticas serosas e mucinosas (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: RICCI, VITOR VITA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: RADIOLOGIA; DIAGNÓSTICO POR IMAGEM; NEOPLASIAS; RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
  • Keywords: Cistadenomas serosos; Magnetic resonance imaging; Mucinous cystic neoplasms; Neoplasias císticas mucinosas; Ressonância magnética; Serous cystadenomas
  • Language: Português
  • Abstract: O diagnóstico diferencial entre cistadenomas serosas (CAS) e beoplasias císticas mucinosas (NCM) é essencial, pois os CAS são benignos e o tratamento em gertal é conservador, ao passo que as NCM são pré-malígnas (ou malígnas) e devem ser ressecadas. A sobreposição de características de imagem não é incomum, portanto métodos auxiliares não-invasivos podem ser úteis na diferenciação entre elas. OBJETIVOS: Apresentar casuística de CAS e NCM estudados por ressonância magnética aplicando critérios dianósticos morfológicos tradicionais e avaliar a quantificação da intensidade de sinal (IS) nas ponderações T1 e T2 (ambas com supressão de gordura) e do coeficente de difusão aparente (ADC) na diferenciação entre tipos de lesões císticas pancreáticas (LCP). MATERIAS E MÉTODOS: As LCP foram avaliadas quanto à loculação, paredes e presença ou não de cicatriz central, septos grosseiros e componentes sólidos. Foram feitas, ainda, avaliações qualitativa e quantitativa da IS nas ponderações T1 e T2, comparando as LCP com o parênquima pancreático (PP), bem como avaliação quantitativa do ADC. RESULTADOS: Dois radiologistas estudaram 9 CAS e 8 NCM de forma independente, sendo observada correlação ,perfeita entre eles quanto às avaliações morfológica e qualitativa. Não houve diferença significativa entre os grupos de CAS e NCM na comparação das variáveis quantitativas da IS nas ponderações T1 e T2, bem como da razão IS LC/Spp e dos valores de ADC. CONCLUSÃO: Quanto à morfologia, a classificação do aspecto cístico (microcística, macrocística ou unilocular) foi a variável que apresentou a maior associação com os grupos, sendo, portanto, importante na definição diagnóstica. A quantificação da IS nas ponderações T1 e T2, assim como a medida do ADC das LCP, não permitiram a diferenciação das neoplasias císticas pancreáticas serosas e mucinosas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.06.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RICCI, Vitor Vita; ELIAS JÚNIOR, Jorge. Quantificação da intensidade de sinal nas ponderações T1 e T2 em ressonância magnética na diferenciação das neoplasias císticas pancreáticas serosas e mucinosas. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17158/tde-26042018-173107/ >.
    • APA

      Ricci, V. V., & Elias Júnior, J. (2017). Quantificação da intensidade de sinal nas ponderações T1 e T2 em ressonância magnética na diferenciação das neoplasias císticas pancreáticas serosas e mucinosas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17158/tde-26042018-173107/
    • NLM

      Ricci VV, Elias Júnior J. Quantificação da intensidade de sinal nas ponderações T1 e T2 em ressonância magnética na diferenciação das neoplasias císticas pancreáticas serosas e mucinosas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17158/tde-26042018-173107/
    • Vancouver

      Ricci VV, Elias Júnior J. Quantificação da intensidade de sinal nas ponderações T1 e T2 em ressonância magnética na diferenciação das neoplasias císticas pancreáticas serosas e mucinosas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17158/tde-26042018-173107/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021