Exportar registro bibliográfico

Estudo das relações da artéria frontobasilar medial com a base anterior do crânio através de angiotomografia computadorizada (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: PATRíCIO, HENRIQUE CANDEU - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MOF
  • Subjects: ANATOMIA; RADIOLOGIA; ENDOSCOPIA; COMPLICAÇÕES INTRAOPERATÓRIAS
  • Keywords: Anatomy; Anterior cerebral artery; Artéria cerebral anterior; Base do crânio; Endoscopy, Intraoperative complications; Radiology; Skull base
  • Language: Português
  • Abstract: A introdução dos endoscópios na otorrinolaringologia determinou um grande avanço tecnológico, permitindo a sistematização da cirurgia endoscópica nasossinusal funcional. A possibilidade de trabalhar nos limites das cavidades nasossinusais com boa iluminação e visibilidade permitiu a expansão dessa cirurgia para abordar lesões da base do crânio e no interior da cavidade craniana, ampliando consideravelmente as suas indicações e a gravidade das suas complicações. Dentre estas complicações as lesões vasculares e ou de nervos cranianos estão entre as principais causas de morbidade. A artéria frontobasilar medial (AFM) é o primeiro ramo cortical do segmento pós-comunicante da artéria cerebral anterior e possui percurso próximo a base anterior do crânio. Havendo penetração intracraniana através da base anterior do crânio, durante uma cirurgia endoscópica endonasal, a AFM pode ser lesionada causando graves complicações. O objetivo deste estudo foi analisar as relações da AFM com a base anterior do crânio e reparos anatômicos utilizados em cirurgia endonasal, através de imagens obtidas por angiotomografia de crânio. E também identificar os locais de maior proximidade da AFM com a base anterior do crânio, sugerindo áreas de maior risco de lesão em cirurgia endonasal. Foram analisados 52 exames de angiotomografia de crânio, realizados no período de 2013 a 2015. O software OsiriXÒ foi utilizado para fazer as medições entre a AFM e os pontos de referência nos planos sagital e coronal,na ordem cronológica em que os exames foram coletados. A AFM descreveu um trajeto descendente, próximo a linha média (distancia média de 1,5 mm), se aproximando do plano esfenoidal (distancia média de 1,8 mm) e depois um trajeto ascendente à medida que se dirige para porção anterior do crânio, com distância média de 4,4mm na região da parede anterior do seio esfenoidal e de 12mm na região onde se encontra a artéria etmoidal anterior. Considerando o ângulo de trabalho na cirurgia endonasal e a os locais de maior proximidade da AFM com a base anterior do crânio, as regiões do etmoide posterior e plano esfenoidal foram as áreas de maior risco de sua lesão
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.08.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PATRÍCIO, Henrique Candeu; SENNES, Luiz Ubirajara. Estudo das relações da artéria frontobasilar medial com a base anterior do crânio através de angiotomografia computadorizada. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-09112017-112056/ >.
    • APA

      Patrício, H. C., & Sennes, L. U. (2017). Estudo das relações da artéria frontobasilar medial com a base anterior do crânio através de angiotomografia computadorizada. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-09112017-112056/
    • NLM

      Patrício HC, Sennes LU. Estudo das relações da artéria frontobasilar medial com a base anterior do crânio através de angiotomografia computadorizada [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-09112017-112056/
    • Vancouver

      Patrício HC, Sennes LU. Estudo das relações da artéria frontobasilar medial com a base anterior do crânio através de angiotomografia computadorizada [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-09112017-112056/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021