Exportar registro bibliográfico

Pesquisa de biomarcadores como fator prognóstico nos tumores da família do sarcoma de Ewing (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated author: MACHADO, LUCAS FARIA ABRAHãO - FM
  • School: FM
  • Sigla do Departamento: MOT
  • Subjects: SARCOMA DE EWING; BIOMARCADORES; IMUNOHISTOQUÍMICA; PROGNÓSTICO
  • Keywords: Biomarkers; Ewing sarcoma; Immunohistochemistry; Primitive neuroectodermal tumors; Prognosis; Tumores; Tumores neuroectodérmicos primitivos; Tumors
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: Os tumores da família do sarcoma de Ewing (TFSE) compreendem um espectro de neoplasias de células neuroectodérmicas dos ossos e partes moles de comportamento biológico agressivo e prognóstico reservado, caracterizadas por translocações envolvendo um dos genes da família TET/FET e um dos genes da família ETS, mais comumente EWSR1 e FLI1. Com o avanço da medicina personalizada, cresce a demanda por biomarcadores em TFSE que tenham valor como fatores prognósticos e potencial para futuras terapias-alvo específicas. Este estudo propôs biomarcadores, incluindo proteínas relacionadas à supressão tumoral, proliferação celular, metabolismo energético, atividade imune, vias de reparo do DNA e células tronco. MÉTODOS: A expressão imuno-histoquímica dos biomarcadores MTAP, p16, STAG2, p53, USP22, PTEN, RKIP, Ciclina D1, MCTs (1, 2 e 4), CD147, CA IX, GLUT1, BRACHYURY, PD-L1, OCT4 e SALL4 foi analisada em uma série bem caracterizada de 113 TFSE através de amostras em tissue microarrays (TMA). Os perfis de expressão foram então associados aos parâmetros clínico-patológicos dos pacientes e à sobrevida global para uma análise do impacto no prognóstico. RESULTADOS: A hiperexpressão de p53 mostrou associação estatisticamente significativa com menor sobrevida global (p < 0,001), doença metastática no diagnóstico (p = 0,017) e idade acima de 20 anos (p = 0,04). A perda de expressão de MTAP (p = 0,039) e de Brachyury (p = 0,008) também se associaram significativamente com menorsobrevida global. Em relação às características clínicas dos pacientes, doença metastática no diagnóstico e etnia não-branca foram associados a um pior prognóstico. CONCLUSÕES: Os biomarcadores p53, MTAP e Brachyury foram identificados como fatores independentes relacionados ao prognóstico. A utilização destes biomarcadores como fator prognóstico nos TFSE pode auxiliar na estratificação de risco dos pacientes e até mesmo estimular o desenvolvimento de drogas-alvo específicas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.08.2017
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MACHADO, Lucas Faria Abrahão. Pesquisa de biomarcadores como fator prognóstico nos tumores da família do sarcoma de Ewing. 2017. Tese (Doutorado) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5140/tde-10112017-115117/. Acesso em: 29 jun. 2022.
    • APA

      Machado, L. F. A. (2017). Pesquisa de biomarcadores como fator prognóstico nos tumores da família do sarcoma de Ewing (Tese (Doutorado). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5140/tde-10112017-115117/
    • NLM

      Machado LFA. Pesquisa de biomarcadores como fator prognóstico nos tumores da família do sarcoma de Ewing [Internet]. 2017 ;[citado 2022 jun. 29 ] Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5140/tde-10112017-115117/
    • Vancouver

      Machado LFA. Pesquisa de biomarcadores como fator prognóstico nos tumores da família do sarcoma de Ewing [Internet]. 2017 ;[citado 2022 jun. 29 ] Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5140/tde-10112017-115117/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022