Exportar registro bibliográfico

Produção de biofilme e perfil de suscetibilidade a antifúngicos de isolados de Candida spp. em episódios de candidemia no Hospital das Clínicas da FMRP-USP (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: CARDOSO, BÁRBARA - FCFRP
  • Unidade: FCFRP
  • Sigla do Departamento: 602
  • Subjects: CANDIDA; BIOFILMES; ANTIFÚNGICOS
  • Keywords: Candida spp; Antifungal susceptibility; Suscetibilidade aos antifúngicos; Candidemia
  • Language: Português
  • Abstract: Candida spp. constitui o grupo mais importante de fungos patogênicos oportunistas, que está associado a elevadas taxas de mortalidade. As principais espécies causadoras de infecções sanguíneas são: C. albicans, C. glabrata, C. parapsilosis e C. tropicalis. Conhecer a distribuição das espécies e padrões de suscetibilidade aos antifúngicos é fundamental para o estabelecimento de medidas de controle da candidemia. A patogenicidade dessas leveduras depende de alguns fatores de virulência como a capacidade de escapar dos mecanismos de defesa do hospedeiro e a capacidade de formação de biofilme. Biofilmes são comunidades microbianas organizadas aderidas a uma superfície sólida, biótica ou abiótica, e envolvidas por uma matriz polissacarídica extracelular. Eles podem apresentar resistência a antimicrobianos e ser fontes de infecções crônicas e persistentes, e a sua relação fungo-hospedeiro é pouco conhecida. O objetivo desse estudo foi avaliar o impacto da formação de biofilme sobre o perfil de suscetibilidade a antifúngicos, de espécies de Candida isoladas em episódios de candidemia no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Foram isoladas 70 amostras de Candida spp. através de hemoculturas, e características dos pacientes foram avaliadas, através da análise dos prontuários médicos. A espécie mais prevalente foi C. albicans, seguida por C. parapsilosis (sensu latu), C. glabrata e C. tropicalis a menos frequente. A ConcentraçãoInibitória Mínima dos antifúngicos anfotericina B (AMB), caspofungina (CAS), fluconazol (FLC) e voriconazol (VOR) foi determinada em células planctônicas dos 70 isolados de Candida spp., de acordo com as diretrizes do CLSI. Dentre os isolados, um de C. albicans foi resistente ao FLC e VOR; todos os isolados de C. glabrata e um isolado de C. parapsilosis foram suscetíveis dose dependente ao FLC, dois isolados de C. glabrata foram suscetíveis dose dependente à CAS e um isolado de C. tropicalis foi suscetível dose dependente ao VOR. A capacidade de formação de biofilme pelos isolados foi analisada, e de acordo com a atividade metabólica, todos os isolados de C. albicans, C. glabrata e C. tropicalis foram capazes de formar biofilme em placas de poliestireno, em 24 horas, e 50% dos isolados de C. parapsilosis não foram capazes de formar biofilme. Biofilmes de cada espécie foram visualizados por microscopia eletrônica de varredura, e demonstraram diferenças estruturais de acordo com cada espécie. A Concentração Erradicatória Mínima dos antifúngicos aos biofilmes de todos os isolados foi determinada. AMB e CAS mostraram atividade contra biofilmes de Candida spp., contudo, biofilmes de certos isolados requereram concentrações maiores que as necessárias para inibir o crescimento de células planctônicas; FLC e VOR, no geral, não possuem ação eficaz contra biofilmes de Candida spp.. Quando isolados de C. albicans, com diferentes perfis de formação de biofilme, foram avaliados quanto asua virulência in vivo no hospedeiro invertebrado Galleria mellonella, foi obervada uma tendência de maior virulência no grupo de isolados previamente classificados com alta formação de biofilme. Os resultados obtidos refletem a influência da formação de biofilme na suscetibilidade dos isolados clínicos aos antifúngicos comumente utilizados na prática médica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.06.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARDOSO, Bárbara; FERREIRA, Marcia Eliana da Silva. Produção de biofilme e perfil de suscetibilidade a antifúngicos de isolados de Candida spp. em episódios de candidemia no Hospital das Clínicas da FMRP-USP. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-25082017-104749/ >.
    • APA

      Cardoso, B., & Ferreira, M. E. da S. (2017). Produção de biofilme e perfil de suscetibilidade a antifúngicos de isolados de Candida spp. em episódios de candidemia no Hospital das Clínicas da FMRP-USP. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-25082017-104749/
    • NLM

      Cardoso B, Ferreira ME da S. Produção de biofilme e perfil de suscetibilidade a antifúngicos de isolados de Candida spp. em episódios de candidemia no Hospital das Clínicas da FMRP-USP [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-25082017-104749/
    • Vancouver

      Cardoso B, Ferreira ME da S. Produção de biofilme e perfil de suscetibilidade a antifúngicos de isolados de Candida spp. em episódios de candidemia no Hospital das Clínicas da FMRP-USP [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-25082017-104749/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021