Exportar registro bibliográfico

Regulação por incentivos e a evolução da eficiência e produtividade das empresas do setor de transmissão de energia no Brasil (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OLIVEIRA, JADER ALVES DE - EESC
  • Unidades: EESC
  • Sigla do Departamento: SES
  • Subjects: TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA; TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA
  • Keywords: Análise Envoltória de Dados (DEA); Data Envelopment Analysis (DEA); Electricity sector; Incentive regulation; Malmquist; Malmquist; Regulação por incentivos; Setor de energia elétrica; Transmission network
  • Language: Português
  • Abstract: A partir do processo de liberalização do setor de energia em diversos países e, em particular, no Brasil, na década de 90, mecanismos de regulação por incentivos têm sido implementados como forma de assegurar a eficiência produtiva e alocativa do setor. Entretanto, a relação entre o desenvolvimento teórico destes mecanismos e sua aplicação não tem sido amplamente analisada. Neste sentido, este trabalho tem por objetivo avaliar os efeitos da regulação por incentivos na eficiência e produtividade do setor de transmissão de energia elétrica no Brasil entre os anos de 2002 e 2014. O método Malmquist-DEA foi aplicado para avaliar a evolução da eficiência relativa e da produtividade das empresas transmissoras mais representativas do mercado nacional entre os anos de 2002 e 2014. Os resultados permitem constatar comportamentos diferentes entre as empresas e colocaram em evidência os efeitos da desverticalização e principalmente da privatização de algumas empresas do setor. Em termos gerais, o setor de transmissão apresentou um pequeno aumento do Índice Malmquist médio para o período analisado influenciado principalmente pelo acréscimo de produtividade verificados em 2007 e 2014 em relação aos anos anteriores. Em contrapartida a maioria das empresas (6 de um total de 8) apresentaram decréscimo na produtividade média no período analisado. Adicionalmente, os resultados corroboram o modelo teórico dos efeitos da regulação por incentivos para promover o aumento da eficiência do setor de energia brasileiro. Apesar deste aumento de eficiência em algumas empresas do setor, observa-se que ainda há muitas oportunidades de melhorias operacionais, eficiência produtiva, e apropriação de tecnologia por parte das empresas reguladas.O trabalho também apresenta implicações relevantes para os gestores de empresas e para os órgãos reguladores, com o intuito de aumentar a eficiência e a produtividade das empresas brasileiras do setor de transmissão de energia elétrica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.08.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Jader Alves de; CASTRO, Luiz Ricardo Kabbach de. Regulação por incentivos e a evolução da eficiência e produtividade das empresas do setor de transmissão de energia no Brasil. 2017.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18157/tde-20102017-133336/ >.
    • APA

      Oliveira, J. A. de, & Castro, L. R. K. de. (2017). Regulação por incentivos e a evolução da eficiência e produtividade das empresas do setor de transmissão de energia no Brasil. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18157/tde-20102017-133336/
    • NLM

      Oliveira JA de, Castro LRK de. Regulação por incentivos e a evolução da eficiência e produtividade das empresas do setor de transmissão de energia no Brasil [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18157/tde-20102017-133336/
    • Vancouver

      Oliveira JA de, Castro LRK de. Regulação por incentivos e a evolução da eficiência e produtividade das empresas do setor de transmissão de energia no Brasil [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18157/tde-20102017-133336/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020