Exportar registro bibliográfico

A extensão do modelo estocástico 'Raise and Peel' com absorção controlada (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: JARA, DIEGO ALEJANDRO CARVAJAL - IFSC
  • Unidades: IFSC
  • Subjects: FÍSICA TEÓRICA; TEORIA DE CAMPOS; PROCESSOS ESTACIONÁRIOS DIÁDICOS
  • Keywords: Celulas de Jordan; Estados Multi-absorventes; Estados quase-estacionários; Jordan Cells; KPZ; Multiple absorbing states; Quasi-stationary states; Roughness transition; Transição de rugosidade
  • Language: Português
  • Abstract: O modelo estocástico Raise and Peel é estudado nesta tese. Para isto é utilizado o método de simulação por Monte Carlo junto com os métodos de diagonalização exata e numérica do operador de Liouville. Este modelo estocástico é um modelo de crescimento unidimensional com dois parâmetros livres. Um parâmetro de absorção local e um parâmetro de dessorção não local. Em função destes dois parâmetros se observa um rico diagrama de fase, apresentando regiões massivas, regiões criticamente auto-organizadas, estados quase-estacionários e transições a múltiplos estados absorventes. O principal resultado deste trabalho é ressaltar a existência de células de Jordan no operador de Liouville. Células de Jordan que crescem com o tamanho do sistema e portanto no limite termodinâmico a dinâmica assintótica pode ser mascarada. A nível numérico estas células de Jordan podem levar a errôneas interpretações de fases criticas quando são na realidade fases massivas ou vice-versa. Portanto dependendo da condição inicial observa-se que a presença de células de Jordan pode levar à determinação errônea de expoentes críticos e a observações de tempos de decaimentos excessivamente grandes. Tudo isto ressalta a necessidade de se determinar os expoentes críticos e os tempos de decaimento por diversos métodos, sempre que for possível, além de se controlar o comportamento destas quantidades considerando a evolução do modelo com diferentes condições inicias. Entre outros resultados que obtivemos observamos aexistência de estados quase-estacionários com tempos de vida que crescem muito mais rápido que uma lei de potencia do tamanho do sistema. Encontramos o expoente critico dinâmico z=1, no caso da transição a estados multi-absorventes. Este resultado ocorreu tanto nos casos sem absorção como nos casos sem dessorção. O modelo exibe também uma fase rugosa com um expoente de rugosidade próximo de zero quando a taxa de absorção é maior que a taxa dessorção. E finalmente observamos que o modelo estudado em condições periódicas de contorno pode ser enxergado como um modelo KPZ em 1+1 dimensões, sujeito a dois tipos de perturbações. Uma das pertubações sendo relevante e a outra irrelevante
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.05.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVAJAL JARA, Diego Alejandro; ALCARAZ, Francisco Castilho. A extensão do modelo estocástico 'Raise and Peel' com absorção controlada. 2017.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-12092017-080429/ >.
    • APA

      Carvajal Jara, D. A., & Alcaraz, F. C. (2017). A extensão do modelo estocástico 'Raise and Peel' com absorção controlada. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-12092017-080429/
    • NLM

      Carvajal Jara DA, Alcaraz FC. A extensão do modelo estocástico 'Raise and Peel' com absorção controlada [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-12092017-080429/
    • Vancouver

      Carvajal Jara DA, Alcaraz FC. A extensão do modelo estocástico 'Raise and Peel' com absorção controlada [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-12092017-080429/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020