Exportar registro bibliográfico

Sistema de alarmes pessoais para idosos que residem sozinhos (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: BIANCHI, MARCELA MARIA DE CASTRO - BIOENGENHARIA
  • Unidade: BIOENGENHARIA
  • Assunto: IDOSOS
  • Keywords: Alarmes pessoais; Elderly; Personal alarms; Teleassistência; Telecare
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O processo de envelhecimento mundial traz consigo mudanças no perfil epidemiológico e no aumento da demanda por cuidado e autocuidado. A teleassistência como proposta tecnológica de monitoramento à distância pode contribuir com o envelhecimento no lugar e qualidade de vida de idosos que residem sozinhos. Objetivos: Identificar se há sensação de segurança por parte dos idosos que residem sozinhos e de sua rede de suporte com o uso dos alarmes pessoais; identificar as causas e frequências do acionamento do alarme; identificar junto ao idoso e sua rede de suporte a percepção de utilidade e facilidade dos alarmes; identificar junto aos idosos se houve dificuldades no manuseio do equipamento; identificar junto a rede de suporte pessoal se houve mudanças a partir da implantação do sistema de teleassistência. Materiais e Métodos: Pesquisa longitudinal, exploratória, do tipo intervenção, de caráter quantitativo e qualitativo. Casuística: 20 participantes, sendo 10 idosos acima de 70 anos, que residem sozinhos e 10 pessoas da rede de suporte pessoal indicadas pelo idoso participante. Instrumentos de coleta utilizados: (1) Questionário de Aceitação de Tecnologias; (2) Questionário de Aceitação de Teleassistência; (3) Questionário socioeconômico; (4) Ecomapa; (5) Entrevista com questões abertas e múltipla escolha no início e término da pesquisa. Os dados coletados foram analisados pelo método de Análise de conteúdo de acordo com Bardin (2011), a partir das seguintes categorias de análise pré-estabelecidas: percepção de segurança, uso do equipamento e motivos do acionamento. Resultados: Participaram 10 idosos (8 mulheres e 2 homens), com média de idade de 79 anos, 8 anos de estudo, a maioria aposentada, viúvos e que residem sozinhos. A rede de suporte pessoal dos participantes é composta em sua maioria (n=9) por cuidadores informais,do sexo feminino e com nível superior completo. No que se refere à percepção de segurança, os idosos destacam a segurança, a proteção, a tranquilidade, o acompanhamento e a certeza de ajuda se necessário. Após seis meses de uso do sistema de monitoramento de teleassistência, alguns idosos (n=4) alteraram sua percepção de segurança quando notaram que o equipamento não estava adequado às suas necessidades sensoriais e a falta de informações sobre o uso do equipamento. A rede de suporte pessoal refere sentimento de segurança em face à assistência rápida e desoneração temporária da tarefa. Após o período de uso do equipamento, a rede de suporte pessoal dos idosos acima de 75 anos relatou sentir mais tranquilidade e segurança se comparadas à rede de suporte pessoal dos idosos abaixo desta faixa etária e com menor perda de capacidade funcional. Quanto ao uso do equipamento, o alarme pessoal foi considerado como de fácil entendimento e manuseio, porém houve variação no seu uso durante as AVDs e dificuldades de adaptação ao modelo e design do acionador portátil. No âmbito dos motivos de acionamento do dispositivo móvel, este fora principalmente usado como busca de apoio emocional dos idosos para com as atendentes do serviço, ao invés de solicitação por urgências médicas. Conclusão: O alarme pessoal traz segurança e tranquilidade para os idosos usuários e também sua rede de suporte.A percepção de utilidade pode ser alterada em face a não adequação do equipamento em relação às alterações sensoriais do idoso e falta de alcance em diferentes ambientes da residência, assim como o não reconhecimento de necessidade pelos idosos mais funcionais. O sistema de monitoramento teve impacto positivo para os idosos que os acionavam não intencionalmente por motivo de sentirem-se sozinhos. Considera-se que a teleassistência pode ser um importante aliado ao processo de "envelhecimento no lugar" e contribuir para a segurança e qualidade de vida dos idosos que residem sozinhos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.10.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BIANCHI, Marcela Maria de Castro; SANTANA, Carla da Silva. Sistema de alarmes pessoais para idosos que residem sozinhos. 2016.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/82/82131/tde-03102017-091156/ >.
    • APA

      Bianchi, M. M. de C., & Santana, C. da S. (2016). Sistema de alarmes pessoais para idosos que residem sozinhos. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/82/82131/tde-03102017-091156/
    • NLM

      Bianchi MM de C, Santana C da S. Sistema de alarmes pessoais para idosos que residem sozinhos [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/82/82131/tde-03102017-091156/
    • Vancouver

      Bianchi MM de C, Santana C da S. Sistema de alarmes pessoais para idosos que residem sozinhos [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/82/82131/tde-03102017-091156/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021