Exportar registro bibliográfico

Assessment of fun from the analysis of facial images (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: VIEIRA, LUIZ CARLOS - IME
  • Unidade: IME
  • Sigla do Departamento: MAC
  • Assunto: JOGOS DE COMPUTADOR
  • Keywords: Assessment; Avaliação; Diversão; Emoções; emotions; Expressões faciais; Facial expressions; Frustração; Frustration; Fun; Imersão; Immersion
  • Agências de fomento:
  • Language: Inglês
  • Abstract: Este trabalho investiga a viabilidade de medir a diversão apenas a partir da análise computacional de imagens faciais capturadas de webcams de baixo custo. O estudo e desenvolvimento se baseou em vídeos gravados com as faces de voluntários enquanto jogavam três diferentes jogos populares e independentes (horror, ação/plataforma e puzzle). Os participantes também reportaram seus níveis de frustração, imersão e diversão no intervalo discreto [0, 4], e responderam ao renomado Game Experience Questionnaire (GEQ). Faces foram encontradas nos vídeos coletados utilizando um sistema desenvolvido com implementações existentes do algoritmo de Viola-Jones para a detecção da face e uma variação do algoritmo Active Appearance Model (AAM) para o rastreamento das marcas faciais. A diversão foi representada em termos das emoções prototípicas e dos níveis de frustração e imersão. As emoções prototípicas foram detectadas com uma Máquina de Vetores de Suporte (SVM) treinada com bases de dados existentes, e os níveis de frustração, imersão e diversão foram detectados com um Perceptron Estruturado treinado com os dados coletados e os níveis reportados de cada afeto, com o gradiente da distância entre a face e a câmera, e com a taxa de piscadas por minuto. A avaliação foi apoiada pela comparação dos níveis reportados com as respostas ao GEQ, e executada com métricas de precisão e revocação (recall) obtidas em testes de validação cruzada. O classificador de frustração não obteve uma precisão acimade chance, principalmente porque os dados coletados não tiveram variabilidade suficiente nos níveis reportados desse afeto. O classificador de imersão obteve uma precisão melhor particularmente quando treinado com a taxa de piscadas, com uma média de 0.42 e uma Amplitude Interquartil (IQR) entre 0.12 e 0.73. O classificador de diversão, treinado com as emoções prototípicas e os níveis reportados de frustração e imersão, obteve a melhor precisão, com média de 0.58 e IQR entre 0.28 e 0.84. Todos os classificadores sofreram de baixa revocação, causada por dificuldades no rastreamento das marcas faciais e pelo desbalanceamento do classificador de emoções, cujos dados de treinamento continham mais exemplos de expressões neutras e de felicidade. Ainda assim, um forte indicador da viabilidade de medir diversão a partir de vídeos está nos padrões de variação dos níveis previstos. Com exceção da frustração, os classificadores de imersão e de diversão foram capazes de prever os aumentos e reduções dos níveis dos respectivos afetos com uma margem de erro média próxima de 1
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.05.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VIEIRA, Luiz Carlos; SILVA, Flávio Soares Corrêa da. Assessment of fun from the analysis of facial images. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-05072017-212226/ >.
    • APA

      Vieira, L. C., & Silva, F. S. C. da. (2017). Assessment of fun from the analysis of facial images. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-05072017-212226/
    • NLM

      Vieira LC, Silva FSC da. Assessment of fun from the analysis of facial images [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-05072017-212226/
    • Vancouver

      Vieira LC, Silva FSC da. Assessment of fun from the analysis of facial images [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-05072017-212226/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021