Exportar registro bibliográfico

Complexos rutênio-catecolaminas como moduladores da angiogênese: aspectos químicos e biológicos da relação estrutura-atividade (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALVES, JACQUELINE QUERINO - FFCLRP
  • Unidades: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 593
  • Subjects: RUTÊNIO; NEOPLASIAS; QUÍMICA; BIOLOGIA
  • Keywords: Rutênio-catecolamina; Câncer; Angiogênese; Membrana corioalantoica; Ruthenium-catecholamine; Angiogenesis; Chorioallantoic membrane
  • Language: Português
  • Abstract: O câncer é um problema de saúde mundial que ceifa a vida de muitas pessoas, todos os dias. Pesquisas voltadas à melhor compreensão do seu progresso e cura são de vital importância. Assim, um importante aspecto do desenvolvimento e crescimento de um tumor é a formação de novos vasos sanguíneos - angiogênese - e o desenvolvimento vascular. As catecolaminas estão envolvidas neste processo, entretanto, sua participação e mecanismos de ação ainda não estão completamente elucidados. A fim de avaliar a participação de cada grupamento específico, buscou-se a imobilização do sítio catecólico, pela coordenação ao metal rutênio. Por esta razão, complexos de rutênio contendo catecolaminas e catecol como ligantes foram sintetizados e caracterizados, [Ru(NH3)4(cat-R)]CI, onde "cat-R" é isoproterenol, dopamina, noradrenalina, catecol ou adrenalina. As alterações da densidade eletrônica das catecolaminas foram analisadas, após a coordenação ao íon metálico. Estudos de estabilidade fotoquímica foram conduzidos. Na sequência, estudou-se a atividade citotóxica e angiogênica destes complexos, utilizando-se como plataforma a membrana corioalantoica (CAM) de embriões de galinha. Ato contínuo, para avaliar a atividade moduladora do tônus vascular exercida por estes compostos, estudos de reatividade vascular foram conduzidos para os complexos metálicos em comento. Os resultados obtidos sugerem se tratarem de agonistas parciais e/ou antagonistas dos respectivos receptores. Posteriormente, realizaram-se estudos em linhagens celulares HUVEC e A7R5, para a análise de aumento de cálcio intracelular, em células tratadas com os complexos. Outrossim, ensaios de regeneração celular foram conduzidos com o intuito de se avaliar a atividade antiproliferativa dos complexos metálicos. Estudos de interação com fs-DNA, via espectroscopia UV-vis e por deslocamento do brometo deetídio - acompanhada por espectroscopia de fluorescência - foram realizados com intuito de se compreender sobre a possibilidade dos complexos interagirem com esta biomolécula, bem como o quanto tal interação é influenciada pelos substituintes da cadeia carbônica. Posteriormente, com a finalidade de se entender o quanto a alteração dos ligantes (NH3)4 afeta (ou não) as propriedades biológicas dos complexos, uma nova série de complexos metálicos com fórmula genérica [Ru(bpy)2(cat-R)]CI onde "cat-R" é isoproterenol, dopamina, noradrenalina, catecol ou adrenalina, foi sintetizada, caracterizada e testada em alguns dos ensaios biológicos realizados para os complexos precedentes. Os resultados evidenciaram que as catecolaminas possuem atividade na angiogênese, sendo que seus efeitos podem ser modulados quando há impedimento do sítio catecólico, por exemplo, pela coordenação ao metal rutênio. Além disso, a substituição dos ligantes amino, por ligantes piridínicos ocasionou o aumento da citotoxicidade, bem como da interação com DNA
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.03.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVES, Jacqueline Querino; SILVA, Roberto Santana da. Complexos rutênio-catecolaminas como moduladores da angiogênese: aspectos químicos e biológicos da relação estrutura-atividade. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-25092017-084909 >.
    • APA

      Alves, J. Q., & Silva, R. S. da. (2017). Complexos rutênio-catecolaminas como moduladores da angiogênese: aspectos químicos e biológicos da relação estrutura-atividade. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-25092017-084909
    • NLM

      Alves JQ, Silva RS da. Complexos rutênio-catecolaminas como moduladores da angiogênese: aspectos químicos e biológicos da relação estrutura-atividade [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-25092017-084909
    • Vancouver

      Alves JQ, Silva RS da. Complexos rutênio-catecolaminas como moduladores da angiogênese: aspectos químicos e biológicos da relação estrutura-atividade [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59138/tde-25092017-084909


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020