Exportar registro bibliográfico

Caracterização e conservação pós-colheita de cambuci, fruto nativo da Mata Atlântica (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TOKAIRIN, TATIANE DE OLIVEIRA - ESALQ
  • Unidades: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LPV
  • Subjects: ARMAZENAMENTO AGRÍCOLA; COMPOSTOS VOLÁTEIS; FRUTAS TROPICAIS; PÓS-COLHEITA; REFRIGERAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Diversas mirtáceas são nativas dos biomas brasileiros, sendo que a Mata Atlântica é o local onde muitas das espécies desta família ocorrem e têm grande importância pela qualidade de seus frutos. Dentre as espécies do gênero, o cambuci [Campomanesia phaea (O. Berg.) Landrum] é apontado com grande potencial funcional e sensorial que pode ser explorado comercialmente, devido às suas características nutricionais e funcionais. Entretanto, a carência de informações técnicas sobre a espécie, aliada à falta de tecnologias adequadas à conservação in natura e processamento dos frutos, colocam em risco a exploração do seu potencial comercial e de consumo. Em decorrência desse panorama, os objetivos do presente trabalho foram: (1) avaliar a diversidade entre cambucizeiros originados de semente, quanto aos seus aspectos físicos e químicos, compostos bioativos e compostos voláteis, (2) determinar o ponto adequado de colheita e comportamento respiratório dos frutos e por fim, (3) investigar a influência da temperatura de armazenamento na qualidade e na fisiologia pós-colheita de cambuci, com o intuito de fornecer subsídios técnicos/científicos à exploração comercial desta frutífera. Os resultados da caracterização físico-química dos frutos e dos teores de voláteis revelaram diferenças entre as árvores matrizes, os locais de colheita e entre as safras dos anos de 2014 e 2015. O estádio de maturação 2, caracterizado por frutos maduros colhidos na planta, com coloração verde-amarelada eregião equatorial levemente arredondada, foi definido como o ponto de colheita ideal para cambuci. Os frutos do E2 possuíam qualidade igual ou superior aos frutos dos outros estádios avaliados, tendo menor adstringência, conteúdo superior de ácido ascórbico e vida-útil pós-colheita acrescida em pelo menos 2 dias, por terem menor perda por podridões, maior firmeza da polpa e menor perda de massa frutos. Os frutos cambuci apresentaram padrão respiratório não-climatérico. Apresentaram também alteração da qualidade sensorial, ao longo dos dias após a colheita, entre os estádios de maturação, constatado pelo perfil dos compostos voláteis, tanto pela abundância de metabólitos, como pela nota aromática. Frutos mais verdes apresentam aromas herbáceo, etéreo ou pungente e à medida que amadureceram passaram a apresentar aromas frutados e canforados. O armazenamento dos frutos a baixa temperatura comprovou ser uma alternativa viável para a pós-colheita dos frutos de cambuci, contribuindo para a sua conservação, prolongando sua vida útil. Os resultados obtidos abrem perspectivas para o desenvolvimento da fruticultura do cambuci, haja vista a variabilidade genética entre os genótipos produtivos aqui demonstrada. Dessa forma, há subsídios para a implementação de programas de melhoramento da espécie com vistas ao aumento na produtividade dos plantios, atendendo à sua cadeia produtiva. Ademais, os resultados dão suporte para a definição de procedimentos de pós-colheita do cambuci,fundamentados em informações técnicas que garantem metodologia específica para a colheita e armazenagem dos frutos de cambuci. Portanto, os resultados descritos representam um avanço frente à definição de práticas de colheita e armazenagem dos frutos, garantindo assim a expansão da fruticultura da espécie
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.03.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TOKAIRIN, Tatiane de Oliveira; JACOMINO, Angelo Pedro. Caracterização e conservação pós-colheita de cambuci, fruto nativo da Mata Atlântica. 2017.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-24082017-134117/ >.
    • APA

      Tokairin, T. de O., & Jacomino, A. P. (2017). Caracterização e conservação pós-colheita de cambuci, fruto nativo da Mata Atlântica. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-24082017-134117/
    • NLM

      Tokairin T de O, Jacomino AP. Caracterização e conservação pós-colheita de cambuci, fruto nativo da Mata Atlântica [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-24082017-134117/
    • Vancouver

      Tokairin T de O, Jacomino AP. Caracterização e conservação pós-colheita de cambuci, fruto nativo da Mata Atlântica [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-24082017-134117/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020