Exportar registro bibliográfico

Epistasia em testecrosses de milho em ambientes contrastantes para estresse hídrico (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ARAGãO, THIAGO RICIELLI DE PAULA - ESALQ
  • Unidades: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: ANÁLISE DE VARIÂNCIA; DEFICIT HÍDRICO; DELINEAMENTO EXPERIMENTAL; ESTRESSE; MILHO; VARIAÇÃO GENÉTICA EM PLANTAS
  • Keywords: Interação epistasia x ambiente
  • Language: Português
  • Abstract: A epistasia tem sido considerada como um componente importante da herança de caracteres quantitativos, estando presente nos componentes de variância e covariância genética. No entanto, por ser desconsiderada na maioria dos modelos genético-estatísticos, seu impacto nos programas de melhoramento ainda é pouco conhecido. Além disso, como os programas de melhoramento de milho, em especial no Brasil, têm realizado seleção sob condições de estresse hídrico, é importante analisar o efeito desse estresse sobre a epistasia. Assim, este trabalho teve como objetivo a análise genética de caracteres quantitativos em milho, incluindo epistasia e epistasia pleiotrópica, em ambientes contrastantes para estresse hídrico. Foi utilizado o delineamento triple test cross modificado com testadores, em que cem progênies F2:3 foram retrocruzadas com suas linhagens genitoras L-08-05F e L-38-05D e sua geração F1. Posteriormente, as 300 progênies de retrocruzamento foram cruzadas com duas linhagens testadoras, L-02-03D e L-04-05F. Os testecrosses foram avaliados em dez ambientes no município de Piracicaba/SP, sendo cinco ambientes sem estresse hídrico e cinco com estresse hídrico, utilizando o delineamento α-látice em esquema fatorial com duas repetições por ambiente. Os caracteres analisados foram produção de grãos (PG), acamamento e quebramento de plantas (ACQ), prolificidade (PROL), altura da planta (AP) e da espiga (AE), posição relativa da espiga (PRE), florescimento masculino (FM) efeminino (FF) e intervalo entre florescimentos (IF). A presença de epistasia foi detectada para todos os caracteres. No entanto, os grupos de ambientes, sem e com estresse hídrico, e os diferentes testadores afetaram a detecção de epistasia para todos os caracteres, com exceção de PG, PROL e AP em que a epistasia foi detectada em todas as análises de variâncias conjuntas. A interação epistasia x grupos de ambientes foi significativa apenas para os caracteres PG e PROL dos testecrosses provenientes do testador L-02-03D (TC1) e AP e AE dos testecrosses provenientes do testador L-04-05F (TC2), enquanto que, a interação epistasia x testadores foi significativa para todos os caracteres. Os efeitos epistáticos de testecrosses referentes às plantas F2 significativos foram bidirecionais, com exceção do caráter PROL do TC2 no grupo de ambientes com estresse hídrico, em que os efeitos foram unidirecionais e positivos. Além disso, para cada testador e grupo de ambientes foram detectados efeitos epistáticos significativos para um grupo específico de testecrosses, ocorrendo variações na magnitude e/ou sinais dos testecrosses coincidentes. A presença de epistasia pleiotrópica foi detectada entre diversos pares de caracteres e, além disso, foi observada a formação de agrupamentos de caracteres relacionados, indicando que a epistasia pleiotrópica é modular, porém sofre influência do ambiente, presença ou ausência de estresse hídrico, e dos testadores. Portanto, na população analisada, aepistasia é um componente importante tanto da variância genética de caracteres quantitativos como da covariância genética entre caracteres, indicando que não considerá-la nas análises pode resultar em interpretações que não refletem a real complexidade do controle genético destes caracteres
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.04.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARAGÃO, Thiago Ricielli de Paula; SOUZA JUNIOR, Claudio Lopes de. Epistasia em testecrosses de milho em ambientes contrastantes para estresse hídrico. 2017.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-24082017-135219/ >.
    • APA

      Aragão, T. R. de P., & Souza Junior, C. L. de. (2017). Epistasia em testecrosses de milho em ambientes contrastantes para estresse hídrico. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-24082017-135219/
    • NLM

      Aragão TR de P, Souza Junior CL de. Epistasia em testecrosses de milho em ambientes contrastantes para estresse hídrico [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-24082017-135219/
    • Vancouver

      Aragão TR de P, Souza Junior CL de. Epistasia em testecrosses de milho em ambientes contrastantes para estresse hídrico [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-24082017-135219/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020