Exportar registro bibliográfico

O silêncio como afeto ou a escuta corporal na recente música experimental (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated author: PEREIRA, CARLOS ARTHUR AVEZUM - ECA
  • School: ECA
  • Sigla do Departamento: CMU
  • Subjects: MÚSICA; MÚSICA EXPERIMENTAL
  • Keywords: Affect Theory; body; experimental music; listening; silence
  • Language: Português
  • Abstract: Na década de 1990 assistimos a uma tendência na música experimental localizada em diferentes países, a qual pode ser reconhecida como uma volta para o silêncio. Essa tendência é identificada na música do coletivo internacional de compositores-performers Wandelweiser com sede na Alemanha, no estilo Berlin Reductionism da cena Echtzeitmusik na cidade de Berlim, no Onkyô na cidade de Tóquio, no estilo lowercase/quiet microsound que é descentralizado geograficamente, além de outros. A notável relação com o silêncio de 4'33" composta em 1952 por John Cage, considerado o criador da música experimental, levanta questões sobre se essa volta para o silêncio poderia ser uma farsa como a recuperação de um dispositivo das vanguardas de meados do século XX ou se ela seria algo diferente disto. O primeiro objetivo deste trabalho é o de 'compreender' a escuta desse 'novo silêncio'. Nota-se que o aspecto conceitual do silêncio dessa nova tendência na música experimental é algo de menor expressão se comparado com o seu aspecto 'afetivo'. Dessa forma, optou-se por uma metodologia especulativa para saber o que o silêncio da recente música experimental 'faz' no ouvinte ao invés de saber o que esse silêncio 'significa'. A metodologia é fundamentada pela Teoria do Afeto que consiste em uma volta no início deste século para a filosofia da imanência de Baruch Spinoza, ressignificada por Gilles Deleuze, Félix Guattari e outros. O método utilizado é o de meta-modelização de Guattari em que a interação de conceitos geram novos conceitos desconhecidos que, dessa forma, permite o devir de elementos que frequentemente escapam dos modelos baseados na representação. Argumentamos primeiramente que a escuta do silêncio na recente música experimental é uma escuta corporal, visto que seu silêncio é afetivo. Para chegarmos a tal resultado, partimos inicialmente de uma análise dos choques tanto das manifestaçõesvanguardistas quanto os do mundo capitalista que, embora sejam de domínios diferentes ambos expressam um potencial para o estudo da recepção corporal. Em seguida, definimos uma noção de recepção corporal por meio do conceito de Corpo-sem-Órgãos. Em um terceiro momento discutimos a possibilidade de um modelo teórico que aborde a escuta para o que está além do som, ou seja, uma escuta corporal do som inaudível, indicando um uso estendido dos modelos 'correlacionistas' de escuta de Pierre Schaeffer e de Seth Kim-Cohen. Então apresentamos uma série de pesquisas e trabalhos artísticos sob a luz da Teoria do Afeto, além dos conceitos de 'masoquismo produtivo', 'ruído afetivo' e 'escuta afetiva'. Finalmente apresentamos as recentes cenas da música experimental silenciosa que, com o auxílio da interação entre os conceitos discutidos anteriormente e o discurso de músicos e pesquisadores envolvidos com essas cenas torna-se possível especular que o seu silêncio afetivo pode promover um agenciamento para restabelecer a capacidade micropolítica da escuta atuar no ambiente. Essa pesquisa pretende assim contribuir com uma investigação sobre música no campo da Teoria do Afeto e uma investigação do afeto nos campos dos Estudos do Som e da Musicologia
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.04.2017
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA, Carlos Arthur Avezum; IAZZETTA, Fernando. O silêncio como afeto ou a escuta corporal na recente música experimental. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27158/tde-07072017-113437/ >.
    • APA

      Pereira, C. A. A., & Iazzetta, F. (2017). O silêncio como afeto ou a escuta corporal na recente música experimental. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27158/tde-07072017-113437/
    • NLM

      Pereira CAA, Iazzetta F. O silêncio como afeto ou a escuta corporal na recente música experimental [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27158/tde-07072017-113437/
    • Vancouver

      Pereira CAA, Iazzetta F. O silêncio como afeto ou a escuta corporal na recente música experimental [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27158/tde-07072017-113437/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022