Exportar registro bibliográfico

Eficácia dos cimentos obturadores do sistema de canais radiculares frente a desafio ácido in situ (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA NETO, REINALDO DIAS DA - FORP
  • Unidade: FORP
  • Sigla do Departamento: 804
  • Subjects: ODONTOLOGIA; ADESIVOS DENTINÁRIOS; BIOFILMES; DESMINERALIZAÇÃO DENTINÁRIA; MICROSCOPIA CONFOCAL
  • Keywords: Adesão; Adhesion; Bacteria; Bactérias; Biofilm; Biofilme; Cimento; Confocal laser scanning microscope; Dentin demineralization; Desmineralização do dente; Microscopia confocal; Sealer
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo teve como objetivo avaliar a eficácia dos cimentos obturadores do sistema de canais radiculares quando submetidos ao desafio ácido em ambiente bucal. Foram utilizadas 55 raízes de incisivos centrais inferiores humanos com comprimento padronizado em 10 mm. Realizou-se o preparo biomecânico dos canais até o instrumento #40.02 e as raízes foram esterilizadas em autoclave. Quarenta e quatro raízes foram obturadas pela técnica de condensação lateral com um dos quatro cimentos de diferentes bases: AH Plus, MTA Fillapex, Sealapex ou Endofill. Nas 11 raízes remanescentes, apenas foi executado o preparo biomecânico dos canais e esterilização (controle negativo). Foram selecionados 11 participantes que atenderam aos critérios de inclusão na pesquisa. Foi realizada a moldagem das arcadas dentais e confecção dos dispositivos acrílicos intra-bucais palatinos com 5 nichos, sendo 4 deles para as raízes correspondentes a cada cimento experimental e 1 nicho para a raiz controle. As raízes foram fixadas com cera e tela para favorecer o acúmulo de biofilme. Durante 14 dias, 11 participantes utilizaram o dispositivo o dia todo e foram orientados a gotejar solução de sacarose 20% sobre as amostras, seis vezes ao dia, simulando alto desafio cariogênico. Após os 14 dias, as raízes foram removidas dos dispositivos, seccionadas em slices e foram realizadas as seguintes análises: perfil de desgaste do material obturador e superfície dentinária antes e após a exposição ao ambiente ácidobucal por microscopia confocal de varredura a laser (MCVL); resistência adesiva (MPa) do material obturador à dentina radicular por teste de push-out e análise qualitativa da morfologia da interface adesiva e desmineralização ao redor do material obturador por MCVL. Os dados do perfil de desgaste foram avaliados pelo teste não-paramétrico de Kruskal-Wallis e teste t (&alpha;=0,05), os dados da resistência adesiva foram avaliados por Análise de Variância a dois critérios (cimentos e terços radiculares) e teste de Tukey (&alpha;=0,05). Verificou-se que não houve diferença estatisticamente significante entre os cimentos (p=0,6190), porém todas as amostras apresentaram desgaste da dentina e material obturador após exposição ao ambiente bucal (p<0,05). As raízes obturadas com o cimento AH Plus apresentaram maior resistência adesiva à dentina (11,40 ± 7,74 a) (p<0,05). Resultados intermediários foram encontrados nas raízes obturadas com o MTA Fillapex (7,22 ± 5,88 ab) e Endofill (7,37 ± 6,75 ab). As raízes obturadas com o Sealapex apresentaram menores valores de resistência adesiva (5,18 ± 4,34 b). Não houve diferença significante para os terços radiculares, nem na interação dos fatores (p>0,05). Houve predomínio de falhas adesivas em dentina nas raízes obturadas com os cimentos AH Plus, MTA Fillapex e Endofill (respectivamente 66%, 75% e 54,2%). Nas raízes obturadas com o Sealapex houve predomínio de falhas mistas (54,2%). Todos os cimentos apresentaram degradação do material obturador e superfície dentinária, além da desmineralização ao redor da obturação, sendo esta última mais intensa nas raízes obturadas com os cimentos Sealapex e Endofill. Nas raízes não obturadas, houve acúmulo intenso de biofilme bacteriano e desmineralização da dentina intrarradicular. Nenhum cimento foi capaz de evitar a degradação da interface adesiva e dadentina. No entanto, nestas situações de alto desafio ácido, os cimentos AH Plus e MTA Fillapex demonstraram desempenho superior aos demais cimentos testados, por apresentarem melhor resistência adesiva do material obturador à dentina, além de degradação e desmineralização ao redor da obturação menos intensa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.01.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA NETO, Reinaldo Dias da; GABRIEL, Aline Evangelista de Souza. Eficácia dos cimentos obturadores do sistema de canais radiculares frente a desafio ácido in situ. 2016.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58133/tde-16032016-154229/ >.
    • APA

      Silva Neto, R. D. da, & Gabriel, A. E. de S. (2016). Eficácia dos cimentos obturadores do sistema de canais radiculares frente a desafio ácido in situ. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58133/tde-16032016-154229/
    • NLM

      Silva Neto RD da, Gabriel AE de S. Eficácia dos cimentos obturadores do sistema de canais radiculares frente a desafio ácido in situ [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58133/tde-16032016-154229/
    • Vancouver

      Silva Neto RD da, Gabriel AE de S. Eficácia dos cimentos obturadores do sistema de canais radiculares frente a desafio ácido in situ [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58133/tde-16032016-154229/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020