Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Formação de doutores para a Saúde Coletiva: representações de orientadores (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: SARUBBI JUNIOR, VICENTE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSM
  • DOI: 10.11606/T.6.2017.tde-18072017-110825
  • Subjects: DOUTORADO; PÓS-GRADUAÇÃO; REPRESENTAÇÕES SOCIAIS; SAÚDE PÚBLICA; ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL; PERCEPÇÃO SOCIAL; ATRIBUIÇÃO; ENTREVISTAS (PSICOLOGIA)
  • Keywords: Saúde Coletiva
  • Language: Português
  • Abstract: Com a análise de conteúdo foi possível identificar 34 unidades de significação que formaram nove categorias temáticas distribuídas em três campos de discussão: vivências e atribuições de orientar doutorandos na Saúde Coletiva, contribuições da orientação para a formação de doutores e o compromisso de formar doutores para a Saúde Coletiva. Não houve diferenças ou dissonâncias significativas sobre os temas abordados sobre a orientação nos programas notas cinco, seis e sete (CAPES). Os orientadores se mostram sensibilizados ao relevante compromisso de formar doutores preparados para exercer as atividades de ensino e pesquisa voltadas ao desenvolvimento científico de um campo multiparadigmático e interdisciplinar, entretanto, não abordam com clareza quais são as estratégias pedagógicas que adotam para construir um caminho comum e de mutua vivência sobre os processos que envolvem a formação. As representações partilhadas pelos docentes salientam que a formação didática do professor é pouco privilegiada como cultura de formação acadêmica, ficando a cargo de cada orientador valorar ou não a sua importância. Não há partilhas, como procedimento de discussão e aprendizado entre os orientadores, sobre situações conflitantes e/ou bem-sucedidas no processo de orientar, visando instigar atitudes pedagógicas favoráveis e mais resolutivas à orientação. Mostra-se relevante a realização de novos estudos para o avanço de estratégias de ensino-aprendizagem que deem suporte ao processo de orientação na pós-graduação.A orientação na pós-graduação é um espaço de fundamental importância para a introjeção de valores, estilos e cultura acadêmica, em que o doutorando está em processo de formação para ser docente que formará futuros professores e pesquisadores. Em sua particularidade, para a formação de doutores, a pós-graduação tem o compromisso de formar profissionais críticos e capacitados a exercerem com bom desempenho as atividades presentes na agenda acadêmica da docência, pesquisa e extensão. O docente, enquanto orientador, é o responsável pelo acolhimento e a tutoria teórica e prática em toda a trajetória de seu orientando. O presente estudo tem por objetivo analisar as representações de orientadores sobre suas vivências e atribuições sobre a orientação de doutorandos em programas de pós-graduação na área de Saúde Coletiva. O referencial adotado foi a Teoria das Representações Sociais em articulação com autores da Educação e da Saúde. O estudo abrangeu onze programas de pós-graduação com notas cinco, seis e sete (CAPES) da Área de Saúde Coletiva. Foram realizados sorteios com reposição e entrevistados quarenta e cinco docentes com o uso de um roteiro semiestruturado. As entrevistas foram gravadas e o conteúdo das falas foi transcrito na íntegra e submetido à análise temático-categorial com o suporte dos softwares NVIVO11 e IRAMUTEQ que gerou um quadro temático para análise das categorias e árvores máximas de similitude.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.05.2017
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2017.tde-18072017-110825 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SARUBBI JUNIOR, Vicente; GALLO, Paulo Rogerio. Formação de doutores para a Saúde Coletiva: representações de orientadores. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6136/tde-18072017-110825/pt-br.php > DOI: 10.11606/T.6.2017.tde-18072017-110825.
    • APA

      Sarubbi Junior, V., & Gallo, P. R. (2017). Formação de doutores para a Saúde Coletiva: representações de orientadores. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6136/tde-18072017-110825/pt-br.php
    • NLM

      Sarubbi Junior V, Gallo PR. Formação de doutores para a Saúde Coletiva: representações de orientadores [Internet]. 2017 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6136/tde-18072017-110825/pt-br.php
    • Vancouver

      Sarubbi Junior V, Gallo PR. Formação de doutores para a Saúde Coletiva: representações de orientadores [Internet]. 2017 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6136/tde-18072017-110825/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020