Exportar registro bibliográfico

Sexualidade, reprodução e relações de gênero: reflexões a partir da análise da politica nacional de saúde do homem (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DANTAS, SUELLEN MARIA VIEIRA - FM
  • Unidades: FM
  • Sigla do Departamento: MPR
  • Subjects: SAÚDE DO HOMEM; POLÍTICAS PÚBLICAS; GÊNEROS (GRUPOS SOCIAIS); SEXUALIDADE; SAÚDE REPRODUTIVA
  • Keywords: Gender and health; Health policy; Men's health; Política de saúde; Sexuality
  • Language: Português
  • Abstract: Estudos sobre a relação masculinidades-saúde tem apontando para a permanência de visões essencialistas sobre o sexo e desafios no que diz respeito aos direitos sexuais e reprodutivos, assim como para a dificuldade de se incluir homens nas práticas de cuidado em saúde devido às representações sociais do masculino e ao direcionamento dos serviços para mulheres e crianças. A implantação e implementação da "Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem" (PNAISH) no Brasil trouxe como desafio o reconhecimento das desigualdades de gênero vivenciadas pelos homens e de suas necessidades de saúde. Nesse sentido, compõe-se como justificativa para este trabalho a necessidade de se investigar como o homem tem sido contemplado institucionalmente em relação à sexualidade e reprodução. Assim, constitui-se como corpus da pesquisa o documento-base da política, documentos vinculados à construção da PNAISH e materiais desenvolvidos a partir desta, bem como publicações relacionadas à sexualidade e reprodução de homens nas páginas "Saúde do Homem - Ministério da Saúde" e "Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo" em rede social. Por meio da análise de conteúdo, a discussão esteve amparada pelos pressupostos dos Estudos de Gênero e pelo pensamento foucaultiano. Buscou-se a compreensão de discursos que orientam a PNAISH: à que homens esta se dirige e como a política busca direcionar ações em saúde ao tratar da sexualidade e reprodução. Observou-se que a política refleterepresentações sociais, apresentando muitas das diferenças e desigualdades de gênero existentes. A sexualidade em seu sentido mais amplo é pouco abordada, observando-se ênfase dada à prática e potência sexual. Ainda, apesar de esforços, não houve plena incorporação de discursos de responsabilização igualitária nas questões reprodutivas e de parentalidade, estando ainda presentes visões sobre os homens como figuras de apoio. São necessárias ações que trabalhem as resistências a maiores liberdades e igualdades sexuais e reprodutivas? A PNAISH ainda precisa de maior aproximação das necessidades, diversidade de relações e desigualdades existentes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.05.2017
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DANTAS, Suellen Maria Vieira; FALCÃO, Marcia Thereza Couto. Sexualidade, reprodução e relações de gênero: reflexões a partir da análise da politica nacional de saúde do homem. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5137/tde-09082017-121622/ >.
    • APA

      Dantas, S. M. V., & Falcão, M. T. C. (2017). Sexualidade, reprodução e relações de gênero: reflexões a partir da análise da politica nacional de saúde do homem. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5137/tde-09082017-121622/
    • NLM

      Dantas SMV, Falcão MTC. Sexualidade, reprodução e relações de gênero: reflexões a partir da análise da politica nacional de saúde do homem [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5137/tde-09082017-121622/
    • Vancouver

      Dantas SMV, Falcão MTC. Sexualidade, reprodução e relações de gênero: reflexões a partir da análise da politica nacional de saúde do homem [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5137/tde-09082017-121622/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020