Exportar registro bibliográfico

Estudo do mecanismo molecular da progesterona e do estradiol no desenvolvimento  do endométrio de novilhas Nelore pré-púberes (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: SOUSA, RAFAEL TEIXEIRA DE - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VNP
  • Subjects: FISIOLOGIA ANIMAL; EXPRESSÃO GÊNICA
  • Keywords: Endometrial tissue; Fisiologia da reprodução; Gene expression; Physiology of reproduction; Puberty; Tecido endometrial
  • Language: Português
  • Abstract: A elucidação dos eventos fisiológicos, pelos quais os esteroides ovarianos atuam no desenvolvimento endometrial de novilhas pré-púberes, é fundamental para o emprego de ferramentas de manejo reprodutivo que reduzam a idade ao primeiro parto e aumentem a taxa de desfrute do rebanho Nelore. Objetivou-se com este estudo averiguar os efeitos de implante de liberação sustentada de progesterona (DIB) e da manipulação do crescimento folicular, através de aspiração folicular transvaginal (AFTV), sobre mecanismos moleculares de genes modulados pela progesterona (P4) e pelo estradiol (E2) no endométrio de novilhas Nelore pré-púberes. 60 novilhas com 13,9 + 2,9 meses, peso de 273,6 + 5,6 kg, escore de condição corporal 5,9 + 0,7, em uma escala de 0 a 9, sem sinais de ovulação, foram aleatoriamente e equitativamente distribuídas em quatro estratégias hormonais: 1) AFTV1 sem DIB®: submetidas a aspiração folicular transvaginal guiada por ultrassonografia um dia antes do abate (AFTV1), sem o emprego de DIB; 2) AFTV4 sem DIB: também sem DIB e submetidas a aspiração folicular transvaginal guiada por ultrassonografia quatro dias antes do abate (AFTV4); 3) AFTV1 com DIB® submetidas a uso de dispositivo intravaginal de liberação sustentada de progesterona (DIB®, MSD Saúde Animal Brasil), usado previamente por duas vezes em vacas Bos indicus e AFTV1; Grupo 4; com DIB® e AFTV4. Ao final do experimento, 35 animais, que não apresentaram presença de corpo lúteo, foram abatidos e tiveram seus úteros dissecados no lado ipso e contralateral , levando-se em consideração o maior diâmetro de folículo um dia antes do abate. Para a extração do ácido ribonucleico (RNA) total foram selecionados tecidos intercarunculares, obtidos das porções do terço médio do corno uterino direito e esquerdo, de seis animais de cada tratamento, totalizando 48 amostras de RNA total. Após a extração do RNA totale síntese do ácido desoxirribonucleico complementar (cDNA), a abundância dos transcritos foi avaliada empregando PCR em tempo real. Para estudar a regulação endometrial dos receptores de esteroides, foi mensurada a expressão relativa do: receptor de estrógenos alpha (ESR1) e beta (ESR2), receptor de progesterona isoformas A (PGR1), B (PGR2) e C (PGR3), receptor componente de membrana 1 (PGRMC1) e 2 (PGRMC2). Assim como de genes envolvidos em vias de resposta a P4 e ao E2: AQP4 (transporte de água), EGFR, FGF2, FGF2R, VEGFA, WNT5A (proliferação celular), OXTR, LPL, LTF, SERPINA14, SLC2A1 (atividade secretória), MMP2, MMP9 (remodelamento de matriz extracelular) e MUC1 (adesão celular). O GAPDH foi utilizado como gene constitutivo para correção dos resultados de expressão gênica. Os dados foram submetidos a análise de variância, utilizando o PROC MIXED do SAS 9.3. Houve interação entre os efeitos de corno uterino, DIB e AFTV sobre a expressão relativa de ESR1 (P = 0,05); EGFR (P = 0,05); PGR1 (P = 0,02); FGF2 (P = 0,01); FGFR2 (P = 0,10) e LPL (P = 0,04). Também foi verificado interação AFTV x corno uterino sobre a expressão relativa de PGR3 (P = 0,07); PGRMC1 e 2 (P = 0,02; P = 0,01), respectivamente; AQP4 (P = 0,09); MUC1 (P = 0,03); SLC2A1 (P = 0,09). Ocorreu interação DIB x corno uterino sobre a expressão relativa de PGRMC1 e 2 (P = 0,05; P = 0,03), respectivamente; AQP4 (P = 0,09) e OXTR (P = 0,08). E interação AFTV x DIB sobre a expressão de VEGFA (P = 0,09); MMP9 (P = 0,09); WNT5A (P = 0,01); SLC2A1 (P = 0,01). Enquanto que a expressão relativa da SERPINA14 foi influenciada pelo DIB (P = 0,02) e localização do corno uterino (P = 0,05). Estes resultados confirmam a complexa modulação dos receptores de esteroides ovarianos pela presença de DIB® e dia da AFTV, na alteração da ação biológica de genes alvos, no tecido endometrial de novilhas Nelore pré-púberes.Baixos diâmetros foliculares próximo ao abate, aumentaram a expressão relativa de MUC1 no corno contralateral, sugerindo uma menor receptividade neste. Ademais, o aumento do peso uterino em função da inclusão do DIB, possivelmente seja uma consequência da maior abundância de transcritos de SERPINA14 e AQP4, mediados principalmente pelo PGRMC1 e PGRMC2.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.02.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUSA, Rafael Teixeira de; SILVA, Luis Felipe Prada e. Estudo do mecanismo molecular da progesterona e do estradiol no desenvolvimento  do endométrio de novilhas Nelore pré-púberes. 2017.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-02062017-103046/ >.
    • APA

      Sousa, R. T. de, & Silva, L. F. P. e. (2017). Estudo do mecanismo molecular da progesterona e do estradiol no desenvolvimento  do endométrio de novilhas Nelore pré-púberes. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-02062017-103046/
    • NLM

      Sousa RT de, Silva LFP e. Estudo do mecanismo molecular da progesterona e do estradiol no desenvolvimento  do endométrio de novilhas Nelore pré-púberes [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-02062017-103046/
    • Vancouver

      Sousa RT de, Silva LFP e. Estudo do mecanismo molecular da progesterona e do estradiol no desenvolvimento  do endométrio de novilhas Nelore pré-púberes [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-02062017-103046/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021