Exportar registro bibliográfico

Metabolismo em riachos subtropicais: variação espaço-temporal e influência de gradiente de condições ambientais (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SALTARELLI, WESLEY APARECIDO - EESC
  • Unidades: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: PRODUÇÃO PRIMÁRIA (BIOLOGIA); ECOSSISTEMAS AQUÁTICOS; EQUILÍBRIO ECOLÓGICO; QUALIDADE DA ÁGUA
  • Keywords: Ecosystem functioning; Funcionamento ecossistêmico; Functional indicator; Indicador funcional; Low-order streams; Primary production; Riachos de primeira ordem; Water quality
  • Language: Português
  • Abstract: O equilíbrio ecológico dos ecossistemas aquáticos é fundamental para a conservação da biodiversidade e para que tais ambientes possam desempenhar seus serviços ambientais. O metabolismo dos riachos pode ser utilizado como um indicador funcional do nível de perturbação do ambiente, devido à influência das condições da bacia hidrográfica sobre as características e estrutura dos ecossistemas aquáticos. A presente pesquisa avaliou a variação espaço-temporal das taxas de produção primária bruta (PPB) e respiração (R) em riachos localizados no Cerrado, como subsídio para o entendimento da influência de algumas características da água, do substrato e da vegetação ripária sobre o seu metabolismo. Para isso, foram estudados seis riachos em ambientes subtropicais (São Carlos e Brotas, SP, Brasil) com diferentes condições ambientais. O metabolismo foi modelado pelas mudanças de curto prazo nas concentrações de oxigênio dissolvido (OD) e da radiação solar fotossinteticamente ativa, a cada 10 min em períodos de 24h. Além disso, a modelagem considerou o coeficiente de reaeração em cada riacho, que foi estimado por meio de traçador gasoso (SF6). Foram determinadas variáveis de qualidade da água, hidrológicas, do substrato e porcentagem de cobertura vegetal. Modelos de regressão foram utilizados, entre outras análises estatísticas, para avaliar as principais variáveis preditoras das taxas metabólicas. Os riachos apresentaram vazões sempre inferiores a 100 L/s, e a porcentagem de cobertura vegetal variou entre 39 e 86%.As concentrações médias de nitrogênio e fósforo totais variaram entre 0,8-1,3 mg/L e 9,4-42,4 'mü'g/L, respectivamente, sendo os riachos classificados entre oligo e mesotróficos. A amplitude média das variações diárias de OD foi de 0,2 a 1,2 mg/L. As taxas de PPB apresentaram variação de 0,01 a 0,68 g'O IND.2'/'M POT.2'.dia. Já as taxas de R variaram entre 0,61-42,08 g'O IND.2'/'m POT.2'.dia. A partir do balanço entre a PPB e a R, os seis riachos apresentaram condições heterotróficas (respiração excedeu a produção primária bruta, com a produção primária líquida negativa), o que torna esses ambientes mais vulneráveis ao eventual aporte de cargas orgânicas que gerem demanda por oxigênio. Embora as concentrações de fósforo tenham sido correlacionadas com as taxas metabólicas, as principais variáveis preditoras, pelos modelos de regressão, foram vazão e a porcentagem de cobertura vegetal. A cobertura vegetal provavelmente foi responsável pela redução da incidência de radiação solar e, consequentemente, o principal limitante da disponibilidade de luz subaquática para algas bentônicas. A vazão apresentou possível efeito na redução da biomassa de algas pela abrasão decorrente da velocidade da água. Espera-se que, além de gerarem um conjunto de dados sobre ambientes aquáticos de um bioma ainda relativamente pouco estudado, o Cerrado, as informações apresentadas sobre os principais fatores intervenientes nos processos metabólicos dos riachos possam oferecer direcionamentos a projetos para sua conservação e para a manutenção de seus serviços ambientais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.06.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SALTARELLI, Wesley Aparecido; CUNHA, Davi Gasparini Fernandes. Metabolismo em riachos subtropicais: variação espaço-temporal e influência de gradiente de condições ambientais. 2017.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-09082017-162223/ >.
    • APA

      Saltarelli, W. A., & Cunha, D. G. F. (2017). Metabolismo em riachos subtropicais: variação espaço-temporal e influência de gradiente de condições ambientais. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-09082017-162223/
    • NLM

      Saltarelli WA, Cunha DGF. Metabolismo em riachos subtropicais: variação espaço-temporal e influência de gradiente de condições ambientais [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-09082017-162223/
    • Vancouver

      Saltarelli WA, Cunha DGF. Metabolismo em riachos subtropicais: variação espaço-temporal e influência de gradiente de condições ambientais [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-09082017-162223/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020