Exportar registro bibliográfico

O crescimento econômico da China e o consumo de carvão para geração de energia (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: PAIXãO, MICHEL AUGUSTO SANTANA DA - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LES
  • Subjects: CAPITAL (ECONOMIA); CARVÃO; DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO; GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA; MODELOS MATEMÁTICOS
  • Language: Português
  • Abstract: Nas últimas décadas, a China obteve um crescimento econômico robusto. Dados mostram que o produto chinês, entre 1980 e 2010, teve uma média anual de crescimento de 9,5%. Esse aumento do produto permitiu que as condições de vida de milhões de pessoas melhorassem via incremento da renda e consumo. No entanto, esse crescimento também produziu desequilíbrios ambientais, uma vez que a consequente modernização se deu com base no elevado consumo de carvão. Atualmente a China consome quase 50% do carvão mundial, sendo a primeira em produção de energia elétrica e emissões absolutas de CO2, sendo que o carvão possui um papel preponderante em sua matriz energética. Frente a essa realidade, este trabalho propõe um modelo para analisar o papel do carvão como variável de energia no crescimento econômico chinês. A abordagem teórica baseou-se na função de produção do tipo Cobb-Douglas, que foi estimada por um modelo um VAR-VEC (Modelo de Autoregressão Vetorial com correção de Erro). O período de análise compreende 1980 a 2010. Busca-se relacionar o peso do carvão, capital e trabalho com o comportamento do PIB chinês. A variável capital foi testada de duas formas distintas. O primeiro modelo utilizou uma variável de capital construída, baseada em Conesa et al. (1999), enquanto que o segundo modelo utilizou a formação bruta de capital fixa, variável utilizada para representar o estoque de capital. Os resultados dos dois modelos apontam que carvão, capital e trabalho apresentaram um bom poderde explicação sobre o crescimento do PIB chinês em ambos os modelos. Porém, o modelo com a variável de capital construída mostrou melhores resultados para os coeficientes de relações contemporâneas e elasticidades impulso-resposta. Observou-se também que, em ambos os modelos, o carvão teve uma importância considerável na determinação do PIB chinês quando analisado pela função de impulso-resposta
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.02.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PAIXÃO, Michel Augusto Santana da; MIRANDA, Silvia Helena Galvao de. O crescimento econômico da China e o consumo de carvão para geração de energia. 2017.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-04082017-142954/ >.
    • APA

      Paixão, M. A. S. da, & Miranda, S. H. G. de. (2017). O crescimento econômico da China e o consumo de carvão para geração de energia. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-04082017-142954/
    • NLM

      Paixão MAS da, Miranda SHG de. O crescimento econômico da China e o consumo de carvão para geração de energia [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-04082017-142954/
    • Vancouver

      Paixão MAS da, Miranda SHG de. O crescimento econômico da China e o consumo de carvão para geração de energia [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-04082017-142954/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021