Exportar registro bibliográfico

Modelagem termodinâmica de chamas adiabáticas de pré-mistura de duas fatias: o caso da chama reversível e o da chama de máxima irreversibilidade (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: HANNUD, BRUNO - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PME
  • Subjects: TERMODINÂMICA; EXERGIA
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho procura estudar e compreender os processos reativos de chama, tentando identificá-los através de uma abordagem químico termodinâmica, em contraposição às análises clássicas, puramente cinético-químicas. Estas são justificadas por se considerar este tipo de fenômeno como existindo em condições distantes da condição de equilíbrio termodinâmico e não passíveis de análise termodinâmica, coisa que, através desta investigação, pretende-se questionar. Neste estudo, considerou-se a chama como ocorrendo em um escoamento unidimensional ideal, em regime permanente, em fluido perfeito, i.e. não há viscosidade e dividiu-se a chama em fatias, em que a exergia química era transformada em exergia térmica, em se adaptando "o problema do tijolo aquecido" (ou "hot brick problem"). O processo reativo global de chama adiabática foi, por evidência experimental, considerado como sendo bi-variante i.e. completamente determinado com a definição da pressão e da temperatura dos reagentes, conhecidos a priori, em espécie e em quantidade. O teorema de Duhem1 nos garante, portanto, que caso se estabeleça o equilíbrio, este estaria determinado. Aqui se procurou reunir subsídios para sua identificação. Investigaram-se a modelagem de chamas adiabáticas e reversíveis de duas fatias, consideradas como meio efetivo, em se igualando a exergia química à exergia térmica, bem como o que se considerou como sendo chamas adiabáticas de duas fatias de máxima irreversibilidade interna. Para a chama adiabática irreversível obteve-se temperaturas de ignição próximas à temperatura de autoignição para 4 de 6 combustíveis. Por fim, conclui-se que a chama contínua não é o limite da chama irreversível de infinitas fatias. Enquanto que aquela tem irreversibilidade máxima, segundo o modelo apresentado, a irreversibilidade desta é um máximo relativo.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.05.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HANNUD, Bruno; PIMENTA, Marcos de Mattos. Modelagem termodinâmica de chamas adiabáticas de pré-mistura de duas fatias: o caso da chama reversível e o da chama de máxima irreversibilidade. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3150/tde-03082017-100241/pt-br.php >.
    • APA

      Hannud, B., & Pimenta, M. de M. (2017). Modelagem termodinâmica de chamas adiabáticas de pré-mistura de duas fatias: o caso da chama reversível e o da chama de máxima irreversibilidade. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3150/tde-03082017-100241/pt-br.php
    • NLM

      Hannud B, Pimenta M de M. Modelagem termodinâmica de chamas adiabáticas de pré-mistura de duas fatias: o caso da chama reversível e o da chama de máxima irreversibilidade [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3150/tde-03082017-100241/pt-br.php
    • Vancouver

      Hannud B, Pimenta M de M. Modelagem termodinâmica de chamas adiabáticas de pré-mistura de duas fatias: o caso da chama reversível e o da chama de máxima irreversibilidade [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3150/tde-03082017-100241/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021