Exportar registro bibliográfico

Biomarcadores em líquor e em leucócitos no transtorno depressivo maior, comprometimento cognitivo leve e doença de Alzheimer (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: BRAM, JéSSYKA MARIA DE FRANçA MONEZI - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MPS
  • Subjects: DEPRESSÃO; COMPROMETIMENTO COGNITIVO LEVE; COGNIÇÃO; DOENÇA DE ALZHEIMER; PEPTÍDEOS; ENVELHECIMENTO; LEUCÓCITOS; LÍQUIDO CEFALORRAQUIDIANO
  • Keywords: ADAM10; ADAM10; Alzheimer's disease; Cerebrospinal fluid; Comprometimento cognitivo leve; Leukocytes; Major depressive disorder; Mild cognitive Impairment; Peptide beta-amiloides
  • Language: Português
  • Abstract: O acelerado processo de envelhecimento tem trazido não só mudanças no perfil demográfico, mas também no perfil epidemiológico da população. Entre os problemas de saúde encontrados em idosos, merecem destaque os transtornos mentais, visto que acometem cerca de um terço dessa população, sendo os transtornos depressivos e a demência os problemas de saúde mental mais prevalentes. O transtorno depressivo maior (TDM), bem como o comprometimento cognitivo leve (CCL), tem sido associado prejuízo das funções cognitivas, além de aumentar o risco de desenvolvimento de demência, principalmente doença de Alzheimer (DA). Sendo assim, é importante que haja identificação preventiva de pessoas com maior risco para o desenvolvimento de DA a fim de proporcionar um tratamento precoce. Dessa maneira este estudo objetivou comparar os marcadores biológicos envolvidos na cascata amiloide, expressos em leucócitos e líquor, nas condições clínicas TDM, CCL, DA e controles saudáveis. Para tanto, foi determinada a expressão proteica das secretases ADAM10, BACE1 e PSEN1 e do peptídeo Abeta em leucócitos e líquor pelos métodos de Western Blotting, ELISA e Luminex. Ao analisarmos a expressão das secretases e do peptídeo Abeta em leucócitos não observamos diferenças estatisticamente significantes entre os grupos, exceto pela expressão da proteína PSEN1, que apresentou menores níveis em DA em relação à TDM. Em relação ao líquor, observamos uma significativa diminuição do peptídeo Abeta no grupo DA quando comparadoaos grupos CCL, TDM e também a controles saudáveis; porém não foram observadas diferenças de expressão desse peptídeo entre CCL, TDM e controles saudáveis. Esses resultados sugerem que a matriz leucocitária, apesar de expressar os componentes desta via, sugerindo dispor da maquinaria enzimática necessária para o processamento da proteína precursora do amiloide (APP), não é a ideal para estudos sobre a cascata amiloide. Além disso, os resultados obtidos em amostras de líquor, de acordo com a casuística analisada, reforçam os dados da literatura que estabelecem a redução da concentração do peptídio Abeta no líquor como um biomarcador da DA, sem termos detectado alterações nos demais grupos estudados. Nossos resultados (negativos) em relação à expressão das APP-secretases no líquor acrescentam dados a este domínio ainda controverso da literatura. Assim sendo, mais estudos devem ser realizados para que possamos compreender melhor as vias relacionadas ao desenvolvimento da DA
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.04.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRAM, Jéssyka Maria de França Monezi; FORLENZA, Orestes Vicente. Biomarcadores em líquor e em leucócitos no transtorno depressivo maior, comprometimento cognitivo leve e doença de Alzheimer. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-28072017-134924/ >.
    • APA

      Bram, J. M. de F. M., & Forlenza, O. V. (2017). Biomarcadores em líquor e em leucócitos no transtorno depressivo maior, comprometimento cognitivo leve e doença de Alzheimer. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-28072017-134924/
    • NLM

      Bram JM de FM, Forlenza OV. Biomarcadores em líquor e em leucócitos no transtorno depressivo maior, comprometimento cognitivo leve e doença de Alzheimer [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-28072017-134924/
    • Vancouver

      Bram JM de FM, Forlenza OV. Biomarcadores em líquor e em leucócitos no transtorno depressivo maior, comprometimento cognitivo leve e doença de Alzheimer [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-28072017-134924/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021