Exportar registro bibliográfico

Morfologia pretarsal, anatomia cefálica, e a evolução de Cholevinae (Coleoptera: Leiodidae) (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: CARVALHO, CAIO ANTUNES DE - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: ZOOLOGIA (CLASSIFICAÇÃO); COLEOPTERA; FILOGENIA; MORFOLOGIA ANIMAL; COMPORTAMENTO ANIMAL; CABEÇA
  • Keywords: Phylogeny; Staphyliniformia; Staphyliniformia; Staphylinoidea; Staphylinoidea
  • Language: Português
  • Abstract: Leiodidae é a segunda maior família de besouros de Staphylinoidea, com mais de 4100 espécies e 374 gêneros abrigados em seis subfamílias. Com representantes em terras tropicais e temperadas, Cholevinae é a mais diversa, compreendendo cerca de 2050 espécies agrupadas em sete tribos e 17 subtribos. Esta tese tem como propósito testar a unidade de Cholevinae, lançar luz sobre suas relações supragenéricas internas, e fornecer evidências morfológicas para futuras inferências sobre o relacionamento de grandes grupos de Leiodidae. O capítulo 1 explora o potencial da morfologia do pretarso e margem distal do tarsômero terminal como fonte de caracteres para a sistemática de Cholevinae. Diversas características são descritas e documentadas pela primeira vez, e suas implicações filogenéticas são discutidas. No capítulo 2 examinamos em detalhes, e pela primeira vez, os componentes morfológicos cefálicos, internos e externos, de um representante de Cholevinae. Comparações com outras linhagens de Staphyliniformia sugerem que a anatomia cefálica é altamente conservada no grupo. Um modelo tridimensional da cabeça é apresentado, e diversas estruturas são descritas e discutidas de um ponto de vista filogenético. Este trabalho oferece bases para pesquisas subsequentes interessadas em investigar as relações entre grandes grupos de Leiodidae tendo por base caracteres da cabeça. Os dados fornecidos nesses estudos são empregados no capítulo 3, que trata diretamente da análise filogenética deCholevinae, não apenas com base na morfologia pretarsal e cefálica, mas também lançando mão de uma série de novos caracteres obtidos através do estudo de outras partes do corpo. Uma hipótese filogenética para a subfamília é apresentada, a mais completa até então, e a primeira fundamentada em caracteres morfológicos. No capítulo 4, Cholevinae é colocado em um espectro mais amplo. Neste estudo, analisamos o valor informativo das cerdas tarsais sexuais para a sistemática de Leiodidae como um todo. Quatro tipos morfológicos principais dessas cerdas foram reconhecidos com base em variações na forma e disposição dessas estruturas. A distribuição desses caracteres é discutida tendo em vista as relações supragenéricas da família, demonstrando que várias das estruturas em questão suportam o monofiletismo de alguns grupos. Uma ampla compilação de dados da literatura envolvendo as cerdas estudadas é fornecida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.04.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Caio Antunes de; GNASPINI NETTO, Pedro. Morfologia pretarsal, anatomia cefálica, e a evolução de Cholevinae (Coleoptera: Leiodidae). 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-26062017-113830/ >.
    • APA

      Carvalho, C. A. de, & Gnaspini Netto, P. (2017). Morfologia pretarsal, anatomia cefálica, e a evolução de Cholevinae (Coleoptera: Leiodidae). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-26062017-113830/
    • NLM

      Carvalho CA de, Gnaspini Netto P. Morfologia pretarsal, anatomia cefálica, e a evolução de Cholevinae (Coleoptera: Leiodidae) [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-26062017-113830/
    • Vancouver

      Carvalho CA de, Gnaspini Netto P. Morfologia pretarsal, anatomia cefálica, e a evolução de Cholevinae (Coleoptera: Leiodidae) [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-26062017-113830/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021