Exportar registro bibliográfico

Quantificação e modelagem de mecanismos de danos causados por Phakopsora euvitis e Plasmopara viticola em videira Vitis labrusca (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: NOGUEIRA JúNIOR, ANTONIO FERNANDES - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LFN
  • Subjects: FERRUGEM (DOENÇA DE PLANTA); FOTOSSÍNTESE; FUNGOS FITOPATOGÊNICOS; MÍLDIO; SIMULAÇÃO; UVA
  • Language: Português
  • Abstract: A viticultura no Brasil e no Estado de São Paulo encontra-se em expansão nos últimos 10 anos e a cv. Niagara Rosada (Vitis labrusca) se destaca como principal cultivar para produção de uvas para mesa. Essa cultivar é suscetível à várias doenças foliares, como a ferrugem (Phakopsora euvitis) e o míldio (Plasmopara viticola). Não existem estimativas quantitativas dos danos causados por essas doenças na cv. Niagara Rosada. Diante do exposto os objetivos desse trabalho foram quantificar os efeitos da ferrugem e do míldio nas trocas gasosas, nas limitações da fotossíntese, no acúmulo de biomassa, no acúmulo de carboidratos, e na produção da cv. Niagara Rosada e desenvolver um modelo de simulação para V. labrusca acoplado com os mecanismos de danos da ferrugem e míldio. Experimentos foram conduzidos, separadamente para cada doença, em condições controladas, em mudas inoculadas com diferentes concentrações de P. euvitis e P. viticola e em campo experimental. Medidas de trocas gasosas e curvas de resposta da taxa líquida de assimilação de CO2 ao aumento da concentração intercelular de CO2 (Ci) foram realizadas em mudas sadias e infectadas com P. euvitis e P. viticola. Teores de açúcares solúveis totais, sacarose e amido foram determinados em plantas sadias e inoculadas com os patógenos. P. euvitis e P. viticola reduziram a taxa fotossintética em plantas infectadas tanto na área da lesão como no tecido verde adjacente a lesão (lesão virtual). Valores do parâmetro β, indicativoda lesão virtual, foram de 5,7 e 2,9, respectivamente para P. euvitis e P. viticola. P. euvitis reduziu em 48%, 36% e 67% a atividade da Rubisco (Vcmax), a taxa máxima de transporte de elétrons usados para a regeneraração da RuBP (Jmax) e a condutância do mesofilo (gm), respectivamente, em folhas infectadas. A área foliar e biomassa de raízes em mudas inoculadas com P. euvitis foram reduzidas. Através de análises histopatológicas e da quantificação de amido nas folhas sadias e doentes foi possível observar o acúmulo de amido em regiões adjacentes às pústulas de P. euvitis. Mesmo em baixas severidades da ferrugem já se observam reduções no acúmulo de carboidratos em raízes. P. viticola reduziu Vcmax em 23,5 % em folhas infectadas comparadas às folhas sadias. P. viticola reduziu a biomassa de raízes e quantidade de carboidratos nas raízes de mudas doentes e de plantas no campo em ano de alta severidade da doença. Plantas no campo com sintomas míldio produziram em média 0,5 kg a menos do que plantas sadias e a principal causa da redução na produção foi a queda de bagas causada pela infecção de P. viticola nos cachos. Um modelo de simulação para Vitis labrusca foi desenvolvido, utilizando o software Stella®. A produção, partição e dinâmica da biomassa da videira foi simulada ao longo de 20 anos e os efeitos de P. euvitis e P. viticola na redução do tecido verde sadio da planta, na redução da eficiência fotossintética, no desvio de assimilados, na aceleração da senescênciafoliar e na queda de frutos foram inseridos no modelo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.02.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NOGUEIRA JÚNIOR, Antonio Fernandes; AMORIM, Lilian. Quantificação e modelagem de mecanismos de danos causados por Phakopsora euvitis e Plasmopara viticola em videira Vitis labrusca. 2017.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-20072017-142858/ >.
    • APA

      Nogueira Júnior, A. F., & Amorim, L. (2017). Quantificação e modelagem de mecanismos de danos causados por Phakopsora euvitis e Plasmopara viticola em videira Vitis labrusca. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-20072017-142858/
    • NLM

      Nogueira Júnior AF, Amorim L. Quantificação e modelagem de mecanismos de danos causados por Phakopsora euvitis e Plasmopara viticola em videira Vitis labrusca [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-20072017-142858/
    • Vancouver

      Nogueira Júnior AF, Amorim L. Quantificação e modelagem de mecanismos de danos causados por Phakopsora euvitis e Plasmopara viticola em videira Vitis labrusca [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-20072017-142858/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020