Exportar registro bibliográfico

Perfil epidemiológico de mulheres com câncer de colo do útero atendidas em um hospital do interior paulista (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: FAVARO, CAROLINE RIBEIRO PEREIRA - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: ENFERMAGEM; ENFERMAGEM ONCOLÓGICA; NEOPLASIAS DO COLO UTERINO; EPIDEMIOLOGIA; SOBREVIDA
  • Keywords: Enfermagem oncológica; Epidemiological profile; Neoplasia do colo do útero; Neoplasm of the cervix; Oncological nursing; Perfil epidemiológico; Sobrevida; Survival
  • Language: Português
  • Abstract: O câncer de colo do útero (CCU) é considerado problema de saúde pública no Brasil, por exercer papel importante na morbimortalidade das mulheres. Os principais fatores de risco para o desenvolvimento do CCU estão relacionados às condições socioeconômicas, ambientais e aos hábitos de vida, que incluem: início precoce da atividade sexual, pluralidade de parceiros sexuais, tabagismo, hábitos inadequados de higiene, uso prolongado de contraceptivos orais e a não-realização de exame preventivo de citologia oncótica. A infecção pelo papiloma vírus humano (HPV) leva a alterações que podem, com o passar do tempo, evoluir para o CCU. Este estudo teve como objetivo caracterizar o perfil epidemiológico das mulheres com CCU atendidas no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (HCFMRP-USP), no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2013. Trata-se de um estudo retrospectivo, longitudinal e baseado em dados do Registro Hospitalar de Câncer (RHC). O RHC é um banco de dados que fornece informações às organizações nacionais, caracterizando os diversos tipos de câncer, auxiliando na formulação da Política Nacional de Atenção Oncológica. Foram analisados os dados de 906 mulheres entre 18 e 95 anos e a faixa etária predominante foi de 31 a 60 anos (58,9%); 10,81% eram analfabetas e 68,6% possuíam ensino fundamental. O tipo celular mais incidente (40,8%) foi o carcinoma escamocelular e o estádio clínico 0 foi o maisobservado (39,6%). Quanto à procedência, observou-se que 86,1% das mulheres eram da Divisão Regional de Saúde-XIII, à qual pertence a cidade de Ribeirão Preto (40,55%). O cruzamento entre escolaridade e estadiamento clínico apontou que, no estádio 0, dos 39,62% dos casos, 34,76% possuíam ensino fundamental ou médio, o que demonstrou influência da escolaridade na detecção do CCU em estádio inicial. Os casos diagnosticados em estádios avançados (III e IV) foram responsáveis pelo maior número de óbitos, sendo que, das 145 mulheres em estádio III, 87 foram a óbito e, das 80 mulheres diagnosticadas em estádio IV, 67 faleceram, enquanto, das 359 mulheres em estádio 0, apenas 14 foram a óbito. No presente estudo, a sobrevida em cinco anos para as mulheres acometidas pelo CCU foi de 56,5%. Os resultados alcançados corroboram com os encontrados nas produções científicas atuais, demonstrando a importância do rastreamento e diagnóstico precoce, a fim de diminuir a mortalidade causada pelo CCU em estádios avançados. Também apontam a necessidade de ações de educação em saúde como um meio para a prevenção do CCU. Ações educativas e preventivas devem ser desenvolvidas de forma contínua na vida das mulheres e o enfermeiro, como membro da equipe de saúde, tem papel fundamental, informando as mulheres quanto às medidas de prevenção da doença e a importância do rastreamento, desmistificando culturas enraizadas e também conscientizando essas mulheres sobre o seu papel de sujeitos responsáveis por sua saúde
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.02.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FAVARO, Caroline Ribeiro Pereira; GOZZO, Thais de Oliveira. Perfil epidemiológico de mulheres com câncer de colo do útero atendidas em um hospital do interior paulista. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04052017-162425/ >.
    • APA

      Favaro, C. R. P., & Gozzo, T. de O. (2017). Perfil epidemiológico de mulheres com câncer de colo do útero atendidas em um hospital do interior paulista. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04052017-162425/
    • NLM

      Favaro CRP, Gozzo T de O. Perfil epidemiológico de mulheres com câncer de colo do útero atendidas em um hospital do interior paulista [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04052017-162425/
    • Vancouver

      Favaro CRP, Gozzo T de O. Perfil epidemiológico de mulheres com câncer de colo do útero atendidas em um hospital do interior paulista [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04052017-162425/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021