Exportar registro bibliográfico

Atenção ao aleitamento materno em unidades básicas de saúde de Ribeirão Preto no contexto da Rede Amamenta Brasil: análise segundo os atributos da Atenção Primária à Saúde (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: MELO, LUCIANA CAMARGO DE OLIVEIRA - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: ENFERMAGEM; ALEITAMENTO MATERNO; ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
  • Keywords: Aleitamento materno; Atenção primária à saúde; Breastfeeding; Healthcare professional; Primary health care; Profissional de saúde
  • Language: Português
  • Abstract: A prevalência baixa de aleitamento materno exclusivo em nosso país aponta a necessidade de novas abordagens, a valorização de ações efetivas na promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno (AM), mas também o contexto de processo de trabalho em que acontecem. Nesse sentido a Rede Amamenta Brasil (RAB) se constitui de uma proposta inovadora no contexto da Atenção Básica em consonância com os atributos da Atenção Primária a Saúde (APS). A APS reúne atributos com características fundamentais nas ações quanto à garantia de adesão e continuidade do cuidado, possibilitando autonomia dos sujeitos, condição fundamental para manter a amamentação. Buscou-se avaliar as ações do processo de amamentação segundo a RAB em unidades de saúde certificadas e não certificadas, sob a perspectiva da APS, em Ribeirão Preto-SP. Estudo quantitativo, transversal, descritivo, com profissionais médicos e enfermeiros que atendem diretamente as mães/bebês em AM. Participaram 53 profissionais (25 médicos e 28 enfermeiros) pertencentes a 10 unidades de saúde. Para a coleta de dados utilizamos um roteiro de caracterização dos profissionais e o instrumento de avaliação da Atenção Primária PCA-Tool Brasil-versão profissionais, validado no Brasil. Na análise dos dados foram calculadas as medidas de tendência central (mínima, máxima e média) e dispersão (desvio padrão) e proporções foram usadas para variáveis categóricas. A maioria dos profissionais que participaram do estudo era dosexo feminino, enfermeiros, idade média de 36 anos e graduação em instituições públicas. No que se refere à prática da amamentação, os participantes consideraram como boa/satisfatória, devido aos aspectos relacionados ao profissional. As atividades mais citadas pelos profissionais foram orientação, aconselhamento, acolhimento e consulta. Aspectos relacionados ao binômio mãe/bebe foram os mais citados como dificuldades em desenvolver tais atividades, enquanto aspectos relacionados ao profissional foram os mais citados para facilidades. Nas 10 unidades de saúde, verificou-se baixo grau de orientação para a APS dos atributos Acesso e Coordenação integração de cuidados, e forte grau de orientação para a APS para Longitudinalidade, Coordenação sistemas de informação e Integralidade. As unidades certificadas pela RAB responderam mais positivamente aos atributos da APS do que as unidades não certificadas. Os enfermeiros responderam mais positivamente para os atributos Integralidade e Acesso. O grupo de participantes com treinamento para a RAB respondeu mais positivamente para os atributos Acesso, Coordenação sistemas de informação, Coordenação integração de cuidados e Integralidade do que o grupo que não recebeu este treinamento. Este estudo contribui com resultados relevantes para a melhoria na assistência às mães e a seus filhos, fornecendo subsídios que podem gerar ações de promoção, proteção e apoio ao AM visando a melhoria nos indicadores; na qualidade da APS e maior sustentabilidade dessa política
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.12.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MELO, Luciana Camargo de Oliveira; NAKANO, Ana Marcia Spano. Atenção ao aleitamento materno em unidades básicas de saúde de Ribeirão Preto no contexto da Rede Amamenta Brasil: análise segundo os atributos da Atenção Primária à Saúde. 2016.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04042017-160218/ >.
    • APA

      Melo, L. C. de O., & Nakano, A. M. S. (2016). Atenção ao aleitamento materno em unidades básicas de saúde de Ribeirão Preto no contexto da Rede Amamenta Brasil: análise segundo os atributos da Atenção Primária à Saúde. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04042017-160218/
    • NLM

      Melo LC de O, Nakano AMS. Atenção ao aleitamento materno em unidades básicas de saúde de Ribeirão Preto no contexto da Rede Amamenta Brasil: análise segundo os atributos da Atenção Primária à Saúde [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04042017-160218/
    • Vancouver

      Melo LC de O, Nakano AMS. Atenção ao aleitamento materno em unidades básicas de saúde de Ribeirão Preto no contexto da Rede Amamenta Brasil: análise segundo os atributos da Atenção Primária à Saúde [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-04042017-160218/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021