Exportar registro bibliográfico

A disciplina estágio curricular supervisionado na formação do enfermeiro: impressões dos atores envolvidos (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: RIGOBELLO, JORGE LUIZ - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: ENFERMAGEM; CURRÍCULO DE ENSINO SUPERIOR; EDUCAÇÃO; ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS
  • Keywords: Competences national curricular; Competências; Diretrizes curriculares nacionais; Educação; Education; Enfermagem; Estágio curricular supervisionado; Guidelines; Nursing; Supervised internship
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo teve como objetivo geral avaliar o Estágio Curricular Supervisionado do Curso de Bacharelado em Enfermagem em duas Instituições de Ensino Superior no estado de São Paulo, sendo uma estadual e uma privada, à luz das competências propostas nas Diretrizes Curriculares Nacionais, a partir das impressões dos docentes, alunos concluintes e alunos egressos. Trata-se de estudo tipo Survey, no qual a coleta de dados foi realizada por meio de questionários autoadministrados, compostos por 58 itens avaliados pelos respondentes em uma escala tipo Likert, além de um espaço para sugestões. Participaram do estudo 59 alunos concluintes do Curso de Bacharelado em Enfermagem do ano de 2016, 111 egressos dos anos 2013 a 2015 e 27 docentes envolvidos no ECS do CGEnf das duas IESs selecionadas. Para a coleta de dados junto aos alunos egressos utilizou-se como estratégia o envio do instrumento por meio da plataforma Google Docs ®. Como somente a IES privada disponibilizou os números telefônicos dos egressos, foi possível utilizar o aplicativo Whatsapp®. Os alunos concluintes tiveram o instrumento disponibilizado na forma impressa e procederam à resposta do mesmo em momento e local determinados previamente pelas IESs. A análise dos dados sociodemográficos foi realizada utilizando-se estatística descritiva, tendo sido seus resultados apresentados em gráficos, tabelas e quadros. Para a análise e discussão dos resultados encontrados no presente estudo foi realizadauma aproximação dos itens que continham conteúdos semelhantes e elaborados nove temas. A análise dos resultados mostrou que a maioria dos respondentes era do sexo feminino, sendo 93,22% entre os concluintes, 91,89% entre os egressos e 91,89% entre os docentes; a média de idade dos concluintes era de 24 anos e 3 meses, dos egressos 26 anos e 9 meses, e dos docentes 48 anos e 6 meses. Entre os concluintes, 25,72% trabalhavam como Técnicos de Enfermagem, atuando na maioria, em centro cirúrgico (22,72%). Entre os 111 egressos, 54,05% encontravam-se trabalhando como enfermeiros, atuando principalmente em Enfermagem Geral (19,35%), 49,54% estavam fazendo pós-graduação. A maioria dos docentes possuía Pós-doutorado (48,14%), sendo o tempo médio de atuação em IES de 15 anos e 4 meses, com carga horária média de trabalho de 38 horas e 52 minutos, sendo que destas, 9 horas e 57 minutos eram dedicadas ao ECS. A maioria dos respondentes apresentou visão positiva em relação à influência do ECS no desenvolvimento das ações de educação, tanto nas que se referiam à capacitação e formação de recursos humanos, quanto naquelas de educação em saúde para a população, tendo apresentado percentuais que ultrapassaram os 79% entre os concluintes, 59% entre os docentes e 50% entre os egressos. Quanto à influência do ECS no desenvolvimento das ações de gerenciamento, a maior parte dos respondentes entendeu ter sido favorável, porém ocorreram divergências de opinião em alguns itens.Em relação à influência do ECS no desenvolvimento de ações assistenciais de enfermagem, a maioria concordou que ela tinha sido benéfica, porém os egressos apresentaram uma visão mais crítica quando comparados às outras categorias. Conclui-se que o ECS é fundamental na formação do aluno, visto que retrata a realidade profissional do enfermeiro, por meio da atuação do discente em cenários de aprendizagem adequados ao seu desenvolvimento, além de instrumentalizá-lo para a sua inserção no mercado de trabalho. Contudo, necessita de adequações em relação à estrutura da disciplina e a supervisão dos enfermeiros e docentes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.02.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIGOBELLO, Jorge Luiz; BERNARDES, Andrea. A disciplina estágio curricular supervisionado na formação do enfermeiro: impressões dos atores envolvidos. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-04052017-195910/ >.
    • APA

      Rigobello, J. L., & Bernardes, A. (2017). A disciplina estágio curricular supervisionado na formação do enfermeiro: impressões dos atores envolvidos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-04052017-195910/
    • NLM

      Rigobello JL, Bernardes A. A disciplina estágio curricular supervisionado na formação do enfermeiro: impressões dos atores envolvidos [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-04052017-195910/
    • Vancouver

      Rigobello JL, Bernardes A. A disciplina estágio curricular supervisionado na formação do enfermeiro: impressões dos atores envolvidos [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-04052017-195910/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021