Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de dispositivos microfluídicos para análise de sistemas líquidos complexos (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DAIKUZONO, CRISTIANE MARGARETE - EESC
  • Unidades: EESC
  • Sigla do Departamento: SMM
  • Subjects: MONOSSACARÍDEOS; SENSOR; MATERIAIS NANOESTRUTURADOS
  • Keywords: LÍNGUA ELETRÔNICA; HIDROGÉIS; GLIADINA; ÁCIDO BORÔNICO
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo principal desta tese foi desenvolver dispositivos microfluídicos do tipo língua eletrônica baseada em espectroscopia de impedância para análise de líquidos complexos. Dois tipos de língua eletrônica foram desenvolvidos. O primeiro com unidades sensoriais fabricadas com eletrodos interdigitados de ouro sobre vidro, selados com microcanal de PDMS, e recobertos com filmes automontados de polímeros condutores, materiais orgânicos e semicondutores. Essa língua eletrônica foi usada para diferenciar os sabores básicos, representados por soluções aquosas de NaCl (salgado), sacarose (doce), cafeína (amargo); HCl (azedo) e glutamato monosódico (umami), distinguir diferentes tipos de cafés, e detectar a presença de gliadina em soluções e alimentos. A distinção foi possível processando-se os dados de magnitude da capacitância com técnicas de projeção multidimensional IDMAP (Interactive Document Map) e análise de componentes principais (PCA). O segundo tipo de língua foi produzido com eletrodos interdigitados de carbono impressos sobre papel com canal hidrofilico e barreiras hidrofóbicas também impresso, modificado com hidrogel funcionalizado com ácido fenil-borônico (PBA) ou poli líquido iônico (PIL). Com dados de capacitância tratados com PCA e IDMAP, a língua foi usada para distinguir soluções dos açúcares glicose, frutose e sacarose, em diferentes concentrações, e diferentes marcas de suco de maçã. Nesta última língua, empregou-se a capacidade de intumescimento de hidrogéis contendo PBA na presença de açúcares, principalmente frutose, que também foi explorada na confecção de sensores com eletrodos de papel que puderam detectar concentrações baixas de glicose, próximas às encontrados no suor humano. Com a tecnologia de sensores em papel e microfluídica, podem-se conceber aplicações futuras, de baixo custo,em sensores na forma de emplastro para monitorar o nível de glicose no suor humano de maneira não invasiva e língua eletrônica para verificar a presença de glúten em alimentos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.05.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DAIKUZONO, Cristiane Margarete; OLIVEIRA JUNIOR, Osvaldo Novais de. Desenvolvimento de dispositivos microfluídicos para análise de sistemas líquidos complexos. 2017.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18158/tde-25072017-100510/pt-br.php >.
    • APA

      Daikuzono, C. M., & Oliveira Junior, O. N. de. (2017). Desenvolvimento de dispositivos microfluídicos para análise de sistemas líquidos complexos. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18158/tde-25072017-100510/pt-br.php
    • NLM

      Daikuzono CM, Oliveira Junior ON de. Desenvolvimento de dispositivos microfluídicos para análise de sistemas líquidos complexos [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18158/tde-25072017-100510/pt-br.php
    • Vancouver

      Daikuzono CM, Oliveira Junior ON de. Desenvolvimento de dispositivos microfluídicos para análise de sistemas líquidos complexos [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18158/tde-25072017-100510/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020